Sobral – 300×100
Seet

Equipe de TV é agredida por servidor do Hospital Regional de Araguaína e tem equipamento quebrado

Redação AF - |
Foto: Rodrigo Magalhães
Equipe de TV é agredida enquanto gravava reportagem no Hospital Regional de Araguaína.

Da Redação//AF Notícias

Uma equipe de jornalismo da TV Anhanguera de Araguaína (TO) foi agredida por um servidor público enquanto fazia reportagem no Hospital Regional (HRA), na manhã desta quarta-feira (23).

O repórter Lucas Ferreira, que foi vítima da ação, relatou ao AF Notícias que havia entrado pela porta da frente na unidade, pelo setor de Ortopedia, devidamente identificado com crachá, e estava registrando com celular relatos de pacientes, que denunciavam a falta de medicamentos e condições precárias.

Ainda segundo o repórter, nesse momento, um funcionário da unidade, identificado como Wires Gomes de Abreu, que exerce o cargo de Assistente Administrativo, tomou seu celular e impediu a filmagem. Já na parte de fora da unidade, o cinegrafista começou a gravar a confusão, mas o servidor tomou também o microfone da equipe. Após muita conversa, o homem devolveu os equipamentos, mas se recusou a se identificar.

“Continuamos gravando do lado de fora, conversando com servidores e familiares, filmando a frente da unidade, foi quando o referido servidor estava atravessando a rua e partiu pra cima do cinegrafista Pablo Martins, o agrediu fisicamente e quebrou o equipamento”, contou Lucas.

Foto: Rodrigo Magalhães
Equipamento de filmagem foi quebrado pelo servidor.

Toda a agressão foi registrada por populares e servidores da unidade, que acionaram a Polícia Militar. A equipe de reportagem foi à Delegacia de Plantão prestar depoimento. A PM também conduziu o servidor envolvido na confusão.

Em nota, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) lamentou o ocorrido e  informou que o servidor foi afastado de suas atividades e que já foi aberto procedimento para apurar a conduta.

Confira o vídeo

Comentários pelo Facebook: