Sobral – 300×100
Seet

Escola de Araguaína lança livro de poesias escritas por alunos do ensino fundamental

Agnaldo Araujo -
Foto: Divulgação
A escola publica livro com poesias dos alunos

Os educadores da Escola Estadual Vila Nova, em Araguaína, lançaram a 8ª edição do livro Poetas na Escola, no início de 2017. O livro é uma coletânea com mais de 100 criações de poesias dos alunos.

Para selecionar os trabalhos que estarão no livro, a equipe da escola promove todos os anos um concurso de poesias e os melhores trabalhos fazem parte do livro. A seleção é feita por um corpo de jurados composto por assessores de currículo da Diretoria Regional de Educação de Araguaína, escritores da Academia de Letras de Araguaína e Norte Tocantinense (Acalanto) e professores convidados.

O diretor da escola, Carlos Ribeiro Lopes, explicou que a leitura e a produção de textos são um dos focos de todos os educadores. “Sempre estamos criando situações para promover a leitura e a escrita e essa prática de letramento faz com que os alunos expressem sua concepção de vida, de sociedade e de mundo, possibilitando o exercício da cidadania”, frisou.

O estudante Walikes Vinícius, do 8º ano do ensino fundamental, escreveu a poesia “Criança”. Ele disse que essa prática é um incentivo para o aluno se interessar mais pela escola. “Ter o nosso texto no livro, faz com que nos envolvamos mais com a escola e também aprendamos mais”, afirmou.

A Escola Estadual Vila Nova conta atualmente com 476 alunos e oferta o ensino fundamental de 6º ao 9º ano, e a Educação de Jovens e Adultos (ensino médio), contando com uma sala de recursos.

A iniciativa do projeto é uma das ações do programa “Vamos Ler”, desenvolvido pela Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc).

Cartas

No estudo dos vários gêneros literários, os alunos também escreveram cartas para algumas empresas multinacionais, uma delas respondeu e enviou à escola um kit de cosméticos para estudantes e professores. De acordo com o diretor Carlos, essas ações atuam na redução da evasão escolar. (Josélia de Lima)

Comentários pelo Facebook: