Sobral – 300×100
Seet

Esposa defende marido acusado de estupro: ‘acredito na sua inocência e vamos provar’

Agnaldo Araujo - |
Foto: Divulgação
Heloina, esposa de Josimar dos Santos

A esposa de Josimar dos Santos Carvalho, preso acusado de tentativa de homicídio contra o cunhado e suspeitas de abuso sexual contra a sobrinha, afirmou que acredita em sua inocência e vai trabalhar para prová-la. Eloina Carneiro Vanderley também negou a versão da polícia de que Josimar estaria ameaçando os pais da menina. “Minha única prioridade será provar o absurdo dessas acusações e o equívoco dessas medidas”, disse.

Toda a confusão está ocorrendo dentro de uma única família. Eloina é tia da criança que teria sido abusada, cujo pai é seu irmão Enio Carneiro Vanderley.

A esposa de Josimar disse que não acredita em estupro e relatou que essa história surgiu ainda em 2014, mas a mãe da menina só procurou a polícia para fazer os exames em 2017. Segundo Eloina, Josimar não se opôs e até sugeriu que a criança fosse levada a um psicólogo.

Eloina afirma ainda que a própria menina nega que seu tio tenha cometido o crime. “O tio não mostrou nada, o tio não pegou em nada”, diz a menina, segundo Eloina.

Segundo a Polícia Civil, Josimar teria perseguido os pais da criança quando eles voltavam de um supermercado e desferido golpes de facão em Enio, mas Eloina diz que a discussão começou na casa de seus pais, depois que Josimar foi questionado se teria “mexido” com a menina.

Começou uma discussão nesse dia, chamaram ele de estuprador e Josimar ficou calado, sem fazer nada. Eles [pai e mãe da menina] quase lincharam Josimar”, contou.

Eloina relatou que seu marido já vinha sendo ‘acusado injustamente e provocado’ durante todos esses anos. “Vocês já pensaram em serem acusados de um crime que não cometeram? Além disso, serem provocados e agredidos fisicamente e verbalmente na porta de sua própria residência e na frente de seus filhos durante várias vezes?”, questionou.

Durante a discussão, um capacete teria sido arremessado contra Josimar. “Eles estavam ameaçando meu marido de morte”, disse a esposa.

“Eles vinham aqui quase todos os dia na porta da nossa casa provocar meu marido”, contou. Para Eloina, seu marido desferiu os golpes de facão contra Enio em um momento de desespero. “Ele fez isso no momento de desespero e agora se encontra preso por acusações injustas”, lamentou.

Eloina acrescentou que Josimar é um “homem trabalhador, bom pai de família e bom esposo”. “Quem conhece Josimar sabe o quanto ele zela pelo seu nome. Um bom pai de família, bom esposo, bom filho. Ele sempre cuidou de minha mãe e do meu pai [seus sogros] e talvez isso tenha motivado ciúmes. Mas me dedicarei para provar a inocência dele e resgatar a honra e a dignidade que construiu ao longo dos anos. A verdade prevalecerá e a correção de todos os atos dele será reconhecida”, finalizou.

Veja mais…

Suspeito de estuprar criança ameaçava família e ainda tentou matar pai da vítima

Comentários pelo Facebook: