Essência da natureza tocantinense é retratada no Espaço Cultural de Palmas

Agnaldo Araujo - |
Revitalização da Cúpula do Espaço Cultural / Foto: Divulgação FCP

Nielcem Fernandes // AF Notícias

A Cúpula do Espaço Cultural de Palmas está ganhando novo visual. A arte é inspirada nos trabalhos dos alunos da Casa de Cultura Maria dos Reis, em Taquaruçu que retrata essência da natureza tocantinense.

As telas com o tema foram expostas na Galeria de artes da Fundação Cultural de Palmas (FCP) e agora serão aplicadas como forma de arte pública.

A pintura da Cúpula será mediada pelos artistas do Jacaré Street Art e contará com a participação dos alunos de Artes Plásticas da Fundação e demais interessados da comunidade palmense. O planejamento para execução prevê dez dias de atividades de pintura.

“Nós estamos aproveitando todo o traço criativo dos nossos jovens que desenvolvem esse trabalho na Casa de Cultura em Taquaruçu coordenados pelo coletivo Jacaré Street Art, e também dos nossos alunos e professores do Centro de Arte. Obviamente que esse espaço em determinado tempo vai ser renovado dando espaço as expressões de outros artistas”, ressaltou o presidente da Fundação Cultural de Palmas (FCP), Hector Valente Franco.

Em entrevista ao AF Notícias, o presidente explicou que essa intervenção faz parte de um processo de revitalização que está sendo desenvolvido no Espaço Cultural e em todos os pontos de cultura. “Essas e outras intervenções fazem parte de um processo de revitalização do contexto cultural com um todo, como a integração da música que tocamos na grande praça, um banheiro na sala de cinema e a nova iluminação decorativa diferenciada. Nós entendemos que todos esses espaços devem vivenciar a arte e a cultura, para que possamos ter uma destinação adequada desses espaços”, argumentou.

A inspiração para a arte na Cúpula se deu através de trabalhos realizados com alunos da Casa de Cultura Maria dos Reis, em Taquaruçu. Foi lançado o desafio de trazer um olhar da essência da natureza tocantinense e resultou em telas que foram expostas na Galeria de artes da Fundação Cultural de Palmas (FCP) e agora serão aplicadas como forma de arte pública.

O Jacaré Street Art é formado pelos artistas Ronan Gonçalves, o Rogo, e Lorena Paumgartten, a Lola, que se reuniram para contribuir com o movimento artístico moderno, a ecologia, o urbano e com a educação em Palmas.

Comentários pelo Facebook: