Sobral – 300×100
Seet

Estado anuncia ação emergencial para evitar rompimento da TO-222 em Araguaína

Redação AF - |
Foto: Marcos Filho
Estado define define ação emergencial para conter cratera na TO-222 após vistoria

Na manhã desta terça-feira (12), o prefeito de Araguaína, Ronaldo Dimas, juntamente com o secretário estadual da Infraestrutura, Sérgio Leão; o do Município, Simão Moura Fé; técnicos e também o deputado federal César Halum, vistoriaram a cratera localizada às margens da TO-222, no perímetro urbano da cidade. No último sábado (09), a Defesa Civil Municipal notificou o Estado sobre o risco de desabamento no local e solicitou uma ação imediata para solucionar o problema.

Após a vistoria, o secretário Sérgio Leão informou que será feita uma contenção emergencial a princípio, com o objetivo de evitar o rompimento da rodovia que passa na cidade e garantir segurança para quem trafega no local. Depois, a obra definitiva será realizada.

Durante a verificação do local, o prefeito comentou sobre a ação imediata que deve ser feita pelo Estado. “A gente está aguardando ansiosamente a solução desse problema, para que de fato seja utilizada a outra parte da TO-222 até chegar ao supermercado Atacadão e melhorar bastante o fluxo do trânsito aqui”, comentou.

Segundo o prefeito, o serviço já foi feito três vezes pelo Governo do Estado. “Em 2013, nós ajudamos na recuperação quando romperam as duas pistas. A não execução do serviço adequadamente está de novo provocando a possibilidade de rompimento da pista principal, única remanescente”, disse com preocupação.

Dimas lembrou sobre o projeto que o Município elaborou para recuperação do local. “Então, o que a gente deseja é que seja realizado de fato esse serviço de acordo com o projeto que o Município forneceu para o Estado, que é a solução mais adequada”, afirmou.

Ação emergencial
De acordo com o secretário Estadual da Infraestrutura, Sérgio Leão, o reparo e contenção serão imediatos, dentro de 15 dias, com escoramento do ponto onde há risco de desabamento. “A princípio vamos fazer a contenção do que dá para fazer. E estudar uma solução definitiva para que isso não se repita mais. Futuramente, passando o período chuvoso, começar a atacar de forma definitiva”, garantiu o secretário.

Leão informou ainda que será feito um monitoramento contínuo enquanto a obra definitiva não for realizada. “Se tiver algum risco, vamos ter que interditar para garantir segurança à população”, completou.

Trabalho definitivo
O secretário explicou que o projeto executivo para a recuperação do local deverá ser readequado. “Estamos aqui para buscar uma solução em conjunto com a Prefeitura. E os técnicos nossos já vieram, alguns já estão buscando mais técnicos especializados na área porque é uma solução que foge realmente da nossa normalidade de rodovias, já se condiz com uma voçoroca, é uma situação bastante delicada porque pode acarretar problemas mais ao montante da obra”, detalhou.

Ainda segundo o secretário, se houver alguma modificação no projeto entregue pela prefeitura, o Estado deve contratar um especialista na área para fazer um projeto definitivo e dar condições para que a obra não tenha mais problemas.  “Existe a possibilidade de construir uma ponte, mas nós temos que ver a solução com um técnico especializado na área”, finalizou Leão.

Outras vistorias
Após a vistoria na TO-222, Dimas levou o secretário para outros pontos da cidade onde o Estado deverá intervir também em obras, como a erosão no setor Ana Maria e a Avenida Filadélfia.

Comentários pelo Facebook: