Seet
Sobral – 300×100

Ex-diretor da CPP de Palmas assumirá comando do Presídio Barra da Grota

Agnaldo Araujo - |
Foto: Divulgação
Secretaria de Cidadania e Justiça anuncia novo diretor do Presídio Barra da Grota, em Araguaína.

Após a exoneração do policial civil Jean Carlos Ferreira, o Presídio Barra da Grota, em Araguaína (TO), passa a ter no comando o servidor Marino Sinhá, que respondia pela Casa de Prisão Provisória de Palmas (CPPP). O ex-chefe de escolta, Evaldo Borges Morais ficará à frente da unidade da capital.

Sobre a exoneração de Jean da direção do Barra da grota, a Secretaria de Cidadania e Justiça afirmou que o remanejamento de servidores entre as unidades prisionais, inclusive os chefes, faz parte da “operacionalização administrativa do Sistema Penitenciário”, com base nas necessidades e nos perfis de cada um.

Ainda de acordo com a Secretaria de Cidadania e Justiça, outra mudança, também publicada no Diário Oficial do Estado (DOE), nº 4.720, de 10 de outubro de 2016, foi a lotação da servidora Vânia Maria Gonçalves, como chefe da Cadeia Pública de Pium, antes lotada na Casa de Prisão Provisória de Paraíso.

Jean foi exonerado na última segunda-feira (10/10). Ele estava no cargo desde abril de 2015. Nem mesmo Jean soube o motivo da dispensa. “Creio que foram interesses escusos, por eu não me curvar diante das irregularidades e fazer a coisa certa. Talvez eu não tenha agradado muito por ter sido sincero e feito a coisa correta. Por ter administrado com transparência, como deve ser a coisa pública”, chegou a afirmar.

Jean contou que resolveu diversos problemas desde que assumiu a unidade, principalmente fugas e homicídios, que ocorriam com bastante frequência. Durante sua gestão ocorreu apenas uma fuga e não foi registrada nenhuma morte. Segundo ele, a nota do presídio também foi elevada pelo Conselho Penitenciário.

Veja também

Diretor do Presídio Barra da Grota é exonerado misteriosamente por “não se curvar diante de irregularidades”

Comentários pelo Facebook: