Seet
Sobral – 300×100

Ex-infratora, adolescente se emociona ao conseguir emprego no Detran-TO e desfrutar do primeiro salário

Redação AF - |
Foto: Tarson Lopes
Adolescente consegue o primeiro emprego no Detran Tocantins.

Uma adolescente ex-integrante do Sistema Socioeducativo do Tocantins ficou emocionada ao comentar sobre a alegria de conseguir o primeiro emprego. A jovem F.S.C.T, de 17 anos, que cursa o 1º ano do ensino médio, trabalha 4 horas diárias no Detran-TO, de segunda a sexta. Ela conseguiu a oportunidade através de uma parceria do órgão com o Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE) e a Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju).

“Eu e minha família estamos muito felizes com essa oportunidade que me foi dada. Procuro ser comprometida com meu trabalho, e espero daqui em diante não parar de trabalhar. Estou começando a desfrutar do meu primeiro salário”, disse emocionada a adolescente.

Para a gerente do setor em que a adolescente trabalha, a jovem representa um grande ganho para o órgão. “A mais nova servidora do Detran está prestando um trabalho reconhecível. Ela é atenciosa, educada, segura da função que está exercendo, responsável e muito assídua”, destacou a gerente.

O programa tem parceria com o órgão de trânsito desde março deste ano, e desenvolve atividades para a promoção e a integração de estudantes no mercado de trabalho.

Cidadania e Justiça

A Diretoria de Proteção dos Direitos da Criança e Adolescente, juntamente com a Gerência do Sistema Socioeducativo e a Coordenação do Núcleo do Egresso e Família, entendem que a consolidação das parcerias para inserção de adolescentes egressos no mundo do trabalho é de extrema importância para diminuir a reincidência. “Para nós que lidamos com a proteção de crianças e adolescentes, essa é a nossa linha de pensamento e atuação: defender, mas garantir direitos essenciais para a dignidade humana” avalia a diretora, Naysângela Tenório.

Estagiários

O Detran, atualmente, conta com 22 estudantes estagiários do ensino médio e 17, do ensino superior em todos os setores do órgão: multas e infrações, veículos, CNH, contabilidade, jurídico, engenharia, educação para o trânsito, fiscalização, tecnologia da informação, assessoria de gabinete do presidente e vice-presidente, comunicação, recursos humanos, arquivo e no credenciamento.

Os estagiários de nível superior são dos cursos de Direito, Engenharia Civil, Comunicação Social/Jornalismo, Tecnologia da Informação, Ciências da Computação, Sistemas de Informação, Ciências Contábeis, Pedagogia, Administração, Gestão Pública, e Arquitetura e Urbanismo.

Comentários pelo Facebook: