Ex-vereador é preso por receber propina para facilitar fuga de detentos ligados ao PCC

Agnaldo Araujo - - 681 views
Foto: Voz do Bico
Ex-vereador preso

O ex-vereador de Augustinópolis, no Bico do Papagaio, Cícero Paulo da Costa foi preso em flagrante ao receber propina para facilitar a fuga de presos ligados à facção criminosa PCC da cadeia pública da cidade. Cícero também foi candidato a vice-prefeito na eleição de 2010 e trabalhava como agente penitenciário desde abril desse ano. Ele foi acusado de corrupção passiva.

A prisão do ex-vereador ocorreu no âmbito da operação “Agente Duplo”, deflagrada pela Polícia Civil do Tocantins, na tarde desta quinta-feira (14), sob a coordenação dos delegados Thyago Bustor e Jacson Wutke.

A Polícia Civil recebeu denúncia anônima de que havia um agente penitenciário recebendo propina para levar diversos objetos ilícitos para dentro da prisão. A denúncia seguia informando que uma mulher de Imperatriz (MA) iria à cadeia pública levar materiais de higiene para um dos detentos e, em seguida, se encontraria com o agente público para repassar, dentre outros, um celular, ceguetas e uma broca. Esses materiais seriam utilizados para facilitar a fuga de detentos ligados ao PCC.

Os policiais realizaram uma campana em frente ao presídio após receber a denúncia e aguardaram a chegada da mulher. Ela entrou no presidio e foi seguida quando saiu do local e se dirigiu ao encontro de Cícero Paulo, que a aguardava num bar da cidade.

Num carro à paisana estacionado a poucos metros do local do encontro dos dois, os policiais acompanharam toda a ação e realizaram a abordagem quando a mulher repassava os possíveis objetos ligados ao crime.

Foram encontrados com Cícero R$ 1,6 mil recebido a título de propina, além de uma caixa de sapato com um aparelho celular, dois carregadores, duas ceguetas, uma broca de furadeira e diversos papéis com possíveis telefones de integrantes da organização criminosa.

Foto: Voz do Bico
Produtos encontrados com o agente penitenciário

Comentários pelo Facebook: