Seet
Sobral – 300×100

Facas artesanais, celulares e ‘chuchos’ são encontrados em revista no Barra da Grota

Agnaldo Araujo - | - 532 views
Foto: Divulgação
Os aparelhos celulares foram encontrados dentro do presídio

Uma revista nas celas da Unidade de Tratamento Penal Barra da Grota, em Araguaína (TO), encontrou um total de 13 aparelhos celulares, ‘chuchos’ e também diversas facas artesanais, além de carregadores.

A revista foi realizada durante toda esta segunda-feira (31) e só foi concluída no período da noite. Policiais Civis e também agentes do Sistema Penitenciário participaram da operação, que envolveu 42 servidores técnicos em Defesa Social, 07 Policiais Civis e quatro servidores administrativos da Seciju.

A Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju) disse que as revistas seguem um cronograma e são feitas rotineiramente a fim de manter a ordem e a disciplina da unidade.

A empresa responsável pela administração da unidade, a Umanizzare Gestão Prisional, vem enfrentando uma batalha na justiça para permanecer até o final do contrato com o Governo do Estado, em novembro de 2017.

Na última decisão, o desembargador do Tribunal de Justiça do Tocantins, Ronaldo Eurípedes, deu aval para a empresa permanecer até o dia 31 de agosto.

Em entrevista nesta segunda (31), gestores da Umanizzare afirmaram que a empresa vai entregar as unidades prisionais em melhor estado de conservação, comparado ás condições em que recebeu do Estado.

“Temos a convicção de que alcançamos ótimos resultados, especialmente nos atendimentos nas áreas técnicas, saúde, educação, psicologia e acolhimento das famílias. Agora, estamos oferecendo absoluto apoio para o Estado assumir gradualmente a parte operacional”, disse o porta-voz André Caires.

A empresa afirmou ainda que foram alcançados “resultados expressivos” durante sua gestão, com a política de aproveitar mão de obra dos reeducandos, qualificando-os para área de manutenção, de limpeza, de cuidado das hortas. “Também tivemos sucesso no trabalho de remição da pena pela leitura, pela educação. Só temos a comemorar os resultados obtidos em Tocantins”, acrescentou.

Leia mais…

Para evitar ‘colapso e rebeliões’, TJ mantém Umanizzare nos presídios por mais 30 dias

Comentários pelo Facebook: