Sobral – 300×100
Seet

Falha na usina de Belo Monte provoca apagão no Tocantins e mais 11 Estados do país

Agnaldo Araujo -

Um apagão registrado na tarde desta quarta-feira (21) atingiu diversos Estados das regiões norte e nordeste do Brasil. Várias cidades do Tocantins ficaram sem energia por cerca de 15 minutos, o trânsito ficou prejudicado e alguns serviços tiveram que ser interrompidos.

A Energisa, empresa responsável pela distribuição de energia no Tocantins, informou em nota que um problema técnico na Usina de Belo Monte, no Pará, interrompeu o fornecimento.

A Energisa está de prontidão para que, assim que o sistema for normalizado, o fornecimento nos Estados afetados seja restabelecido o mais breve possível e em segurança“, disse.

A queda de energia atingiu órgãos públicos e hospitais nas principais cidades, como Palmas, Araguaína, Gurupi, Dianópolis, Paraíso e Araguatins.

Ao menos 12 Estados das duas regiões do país registraram a queda de energia: Alagoas, Sergipe, Ceará, Paraíba, Piauí, Pernambuco, Amapá, Rio Grande do Norte, Pará, Maranhão, Bahia e Tocantins.

No Rio Grande do Norte, todos os 167 municípios foram afetados, segundo a companhia de energia local. Em Sergipe, foram 60 cidades prejudicadas.

De acordo com informações, a luz caiu em diversos bairros de Salvador (BA). O metrô parou de funcionar por volta das 15h50. “Devido à falta de energia no norte nordeste, estamos com o sistema inoperante”, dizia a mensagem transmitida pelo sistema do metrô.

Maranhão

A Companhia Energética do Maranhão (Cemar) informou em nota que uma falha no suprimento de responsabilidade da Eletrobrás Eletronorte foi a causa da falta de energia na rede básica e interrompeu o fornecimento em vários Estados.

Por um determinado período, somente parte da região de Imperatriz, Açailândia, Presidente Dutra e Barra do Corda ficaram com energia elétrica no Maranhão.

A Cemar também sinalizou que problemas na Usina Hidrelétrica de Belo Monte causaram o apagão.

Amazonas

Já a Eletrobras Distribuição Amazonas informou, por meio de nota, que um circuito duplo de 500 kv do linhão de Tucuruí, que atende o Estado, saiu de operação.

Essa falha pode ter prejudicado outros Estados, segundo a Eletrobras.

Operador Nacional do Sistema Elétrico

O operador informou por meio de nota que uma “perturbação” no SIN (Sistema Interligado Nacional) causou o desligamento de cerca de 18 mil megawatts, a maioria deles localizados nas regiões norte e nordeste, o que correspondeu a 22 ,5% da carga total do sistema naquele momento. O corte de energia aconteceu às 15h48.

O operador informou ainda que às 16h15 o serviço havia sido normalizado no Sul, Sudeste e no Centro-Oeste. O problema persistia nos Estados do norte e nordeste. “As equipes do ONS estão neste momento dedicadas à recomposição dos sistemas norte e nordeste, já em curso”, diz a instituição em nota.

Leia o comunicado publicado pela ONS:

Hoje, 21 de março, às 15h48, uma perturbação no SIN causou o desligamento de cerca de 18.000MW, majoritariamente localizados nas regiões Norte e Nordeste, correspondendo a 22,5% da carga total do SIN naquele momento.

Em consequência da perda de carga, entrou em funcionamento o primeiro estágio do Esquema Regional de Alívio de Carga do Sistema Sul, Sudeste e Centro-Oeste, com corte automático de consumidores, no montante de 4.200MW. 

Os sistemas Sul, Sudeste e Centro-Oeste ficaram desconectados do Norte e Nordeste. 

Às 16h15 já havia sido realizada a recomposição de praticamente toda a carga no Sul, Sudeste e Centro-Oeste.

As equipes do ONS estão neste momento dedicadas à recomposição dos sistemas Norte e Nordeste, já em curso.

As causas de desligamento estão sendo investigadas. 

Novas informações serão atualizadas tão logo estejam disponíveis. 

Assessoria de imprensa.

Operador Nacional do Sistema Elétrico”

Comentários pelo Facebook: