Filha de fazendeiro é acusada de forjar o próprio sequestro para extorquir R$ 150 mil

Agnaldo Araujo - |
Foto: Divulgação/SSP
Suspeitos presos por envolvimento na extorsão

A jovem Carla Maria Miranda, de 21 anos, foi presa acusada de forjar o próprio sequestro para extorquir R$ 150 mil de seu pai. Outras três pessoas também foram presas por envolvimento no caso.

O suposto sequestro ocorreu no dia 07 de junho de 2018, na cidade de Santa Tereza do Tocantins. Na ocasião, o pai da jovem disse ter recebido um telefonema no qual um dos sequestradores exigiu o valor de R$ 150 mil para libertar a filha dele. O homem é fazendeiro na região.

Mas na madrugada do dia 09, a equipe da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (DEIC/Palmas) e o Grupo de Operações Táticas Especiais (GOTE) conseguiram frustrar o pagamento dos valores e garantir o resgate da suposta vítima.

Após o resgate, as investigações avançaram e o esquema foi desvendado. Também participaram da trama Daniele de Oliveira Guimarães, de 25 anos, Caio Frederico Castro Castilho, de 19 anos, e Uandrei Santos Rocha, 20 anos. Todos estão presos.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), Caio, Uandrei e Carla foram ouvidos pelo delegado Wanderson Chaves de Queiróz e confessaram a autoria da extorsão.

Caio e Uandrei foram encaminhados à Casa de Prisão Provisória de Palmas (CPPP) e as duas mulheres foram recolhidas à carceragem da Unidade Prisional Feminina de Palmas.

Foto: Divulgação
Jovem Carla Maria Miranda

Veja mais

Filha de fazendeiro é sequestrada e Polícia frustra ação dos criminosos

Comentários pelo Facebook: