Seet
Sobral – 300×100

Filho de ex-prefeito teria usado veículo da prefeitura até fundir o motor; MPE investiga caso

Agnaldo Araujo - |
Foto: Divulgação/prefeitura
Vista aérea da cidade de Araguanã

O Ministério Público Estadual instaurou inquérito para investigar a denúncia de que um filho de um ex-prefeito de Araguanã, norte do Estado, teria usado um veículo da prefeitura até fundir o motor, no ano de 2015. O extrato da portaria foi publicada no Diário Oficial do MPE desta terça-feira (06).

De acordo com a denúncia, baseada em informações do Ministério Público Federal (MPF), a prefeitura de Araguanã recebeu a doação de nove veículos da Receita Federal no ano de 2015. E um deles, um veículo Gol, de cor branca, teria sido utilizado pelo filho do prefeito na época até fundir o motor e depois foi abandonado nos fundos de um hospital.

A denúncia também aponta que um caminhão baú teria sido desviado para fins particulares e estaria fazendo frete em outra cidade para um sobrinho do então prefeito. Já um veículo Vectra e um Eco Sport nunca teriam chegado ao município.

O MPE aponta que os veículos possam ter sido desviados e, consequentemente, causado lesão ao patrimônio público do município. A investigação foi instaurada na Promotoria de Justiça de Araguaína.

O prefeito na época dos fatos era Alan Brasil, que deixou o cargo após as eleições de 2016.

Outras investigações

O MPE também vai investigar eventual prática de ato de improbidade administrativa, consistente na pintura de prédios públicos municipais de Dueré (TO), com as mesmas cores do partido político PSD 55.

Os prédios ainda estariam identificados com o slogan utilizado na campanha eleitoral de 2016. Para o MPE, esses fatos, em tese, ofendem os princípios constitucionais da impessoalidade e de moralidade da administração pública.

E em Cariri do Tocantins, uma investigação vai apurar possível prática de nepotismo, servidores em desvio de função, servidor fantasma e técnicos de enfermagem sem registro no órgão de fiscalização competente (Coren-TO).

Comentários pelo Facebook: