Sobral – 300×100
Seet

Fugitivo do Barra da Grota participou do sequestro de tesoureiro do HSBC

Agnaldo Araujo - |
Foto: Divulgação
Os criminosos sequestraram a família do tesoureiro e levaram grande quantia de dinheiro

O detento que fugiu pelo portão principal da Unidade de Tratamento Penal Barra da Grota, por volta do meio dia desta quinta-feira (24/11), já foi preso por suspeitas de ter participado do sequestro do tesoureiro do HSBC de Araguaína (TO), crime ocorrido em 2013. José Roberto da Solidade, de 39 anos, também foi condenado recentemente a 20 anos de prisão no Estado do Maranhão por estupro.

No dia 09 de maio de 2013, um grupo de cinco criminosos fortemente armados renderam o tesoureiro do banco e sequestraram seus familiares. Eles invadiram o imóvel do funcionário e fizeram sua mãe, pai e irmã reféns. Todos ficaram mais de 16 horas em poder dos bandidos.

O valor roubado da agência não foi divulgado na época. José Roberto foi preso dois dias depois durante uma abordagem da Polícia Militar a uma van de transporte coletivo, que seguia sentido Aguiarnópolis, cerca de 10 km depois de Wanderlândia.

O suspeito estava com outro comparsa, Raimundo Sousa Marinho, que tentou fugir, mas acabou capturado. Em sua bolsa tinha várias cédulas de R$ 100 e R$ 50, que somavam cerca de R$ 70 mil. O fugitivo do Barra da Grota estava portando um revólver calibre 38.

A fuga do Barra da Grota

José Roberto da Solidade fugiu do Presídio Barra da Grota pelo portão principal após se misturar com outros presos, nesta quinta-feira (24/11). José trabalhava na parte interna da unidade prisional, mas tinha se juntado com os detentos que trabalham na parte externa.

Ele teria se dirigido até o portão principal e afirmado que tinha autorização para tirar palhas fora do presídio. O portão foi aberto e ele fugiu.

Confira

Condenado a 20 anos por estupro foge pela porta do Presídio Barra da Grota

Comentários pelo Facebook: