Ginásio esportivo está desativado há 6 anos por falta de reforma no sudeste do TO

Agnaldo Araujo - | - 567 views
Foto: Divulgação
Ginásio de esportes de Dianópolis

O ginásio de esportes Sólon Póvoa Filho, no município de Dianópolis, maior cidade da região sudeste do Tocantins, está desativado há seis anos por falta de reforma do Governo do Estado. Moradores denunciaram ao AF Notícias o descaso do poder público e a frustração de quem praticava esportes no local.

Segundo os moradores, o Governo diz, desde 2014, que a reforma está em processo de licitação, mas o espaço público não recebeu nenhum reparo até o presente momento. Contudo, chama a atenção dos moradores o fato de cinco servidores estarem lotados no ginásio, mesmo sem necessidade e sem as mínimas condições para práticas esportivas.

Quando em funcionamento, o ginásio sediava os Jogos Estudantis (Jets) da regional de Dianópolis. Conforme os moradores, as disputas ocorrem atualmente nas quadras das escolas do município devido à situação precária do local.

A situação já foi denunciada várias vezes por moradores e vereadores, inclusive através de ofícios enviados à Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc), mas não foram atendidos.

Em 2017, a população fez um abaixo-assinado com mais de 1.500 assinaturas e protocolou o documento na Seduc. No entanto, a resposta obtida foi a mesma: que a reforma estava em processo de licitação. “A população e os desportistas não sabem mais o que fazer e a quem recorrer para viabilizar essa tão esperada reforma”, disse um morador, que preferiu não se identificar.

OUTRO LADO

A Seduc informou em nota que a Secretaria de Infraestrutura já realizou o levantamento da situação estrutural do ginásio para que a licitação seja realizada no mês de abril e as obras iniciadas posteriormente.

 

Comentários pelo Facebook: