Seet
Sobral – 300×100

‘Golpe baixo! Estamos de luto pelo corte de verbas da TO-222’, diz prefeito de Muricilândia

Redação AF -
Foto: Divulgação
Prefeito de Muricilândia, Alessandro Borges (PP)

‘Golpe baixo não só contra Araguaína, mas contra toda a região’. Esse é o sentimento do prefeito de Muricilândia (TO), Alessandro Borges (PP), ao comentar a retirada de R$ 45 milhões do projeto de duplicação da TO-222, pelos deputados estaduais, em sessão na ‘calada da noite’ da última quinta-feira (31).

O mesmo sentimento é compartilhado por todos os vereadores de Muricilândia, que são também usuários da rodovia quase diariamente.

Agora com apenas R$ 41 milhões, o projeto de duplicação ficou inviabilizado. “Nosso povo estava na esperança da duplicação. De repente, coisa de duas horas da madrugada, perdemos essa obra. Fiquei desesperançoso”, lamentou Alessandro Borges.

O prefeito disse que ‘desaprovou’ a conduta da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), presidida pelo deputado Olyntho Neto, de retirar a verba de Araguaína. “Menosprezaram a nossa região. Muricilândia está de luto em razão desse corte de verbas. Desaprovamos a atitude de todos os deputados que votaram contra a nossa região”, acrescentou.

Alessandro destacou que a obra é imprescindível, principalmente prevendo o aumento no fluxo de veículos com a construção da ponte de Xambioá.

O prefeito ainda rebateu o argumento de que o valor da duplicação estava ‘superestimado’. “Eles estão calculando só o custo do asfalto. É um olhar muito pobre para Araguaína”, afirmou Alessandro Borges.

No projeto inicial, o Governo estimou investimentos de R$ 86,5 milhões na duplicação da TO-222, considerando que a obra envolve também a construção de uma ponte sobre o Rio Lontra, vários bueiros, uma estrutura sofisticada no entroncamento com a BR-153, drenagem, sinalização horizontal e vertical, além de jardinagem no canteiro central, iluminação pública e ciclovias em todo o trecho. Há também indenização aos proprietários das terras às margens da rodovia.

Comentários pelo Facebook: