Sobral – 300×100
Seet

Governo articula contra Kátia Abreu na eleição da FAET e promete verba a sindicatos rurais

Redação AF - | - 542 views
Foto: Divulgação
Indireta teria sido à Kátia Abreu.

O Governo do Estado começou a se movimentar para fortalecer o grupo de oposição à senadora Kátia Abreu na eleição da presidência da FAET – Federação da Agricultura do Estado do Tocantins, marcada para o próximo dia 20.

Abreu disputará a reeleição contra a chapa encabeçada pelo pecuarista Nasser Iunes, de Araguaína.

Segundo apurado, o secretário de Desenvolvimento Econômico, Alexandre de Castro, teria convidado 13 presidentes de sindicatos rurais, que têm direito a voto, para uma reunião na cidade de Paraíso do Tocantins, nesta quarta-feira (11). Na pauta estaria a promessa de liberação de convênio no valor de R$ 100 mil a cada uma das entidades, para promoção de festas e feiras agropecuárias. A verba seria fruto do Conselho de Desenvolvimento Econômico (CDE).

Kátia Abreu disse que recebeu a denúncia de seis presidentes de sindicatos que foram convidados para a referida reunião. Para ela, o objetivo do Governo é ‘condicionar o voto’ em troca da liberação da verba. “Ele [Governo] quer me derrotar na FAET, pois eles acreditam que estariam me derrotando ao Governo do Estado. Não sou contra o governador fazer política, mas desde que não seja usando o dinheiro com desvio de finalidade”, criticou a senadora.

Para a parlamentar, o Governo esquece as prioridades do Tocantins enquanto tenta interferir na eleição da FAET. “Há tantas prioridades para serem cuidadas. Ele [governador] não tem foco, não tem senso de responsabilidade, age como se fosse um pai de família irresponsável”, disparou Kátia Abreu.

Comentários pelo Facebook: