Sobral – 300×100
Seet

Governo do Estado contrata UFT por R$ 3,7 milhões para realizar curso de formação da Defesa Social

Agnaldo Araujo - |
Foto: Divulgação
O Estado contratou a UFT por R$ 3,7 milhões

O Governo do Estado contratou a Universidade Federal do Tocantins (UFT) para realizar o curso de formação do concurso da Defesa Social. A contratação, no valor de R$ 3,7 milhões e com dispensa de licitação, foi publicada no Diário Oficial do Estado, da última quinta-feira (15/08).

Em maio de 2016 a Justiça havia dado o prazo de 90 dias para que o Estado contratasse uma empresa para realizar o curso de formação. Na mesma decisão, foi determinado que, após a contratação, o Estado do Tocantins deveria convocar os aprovados no certame para a realização do curso de formação. Isso no prazo de 15 dias.

O juiz Frederico Paiva de Souza, da 3ª Vara dos Feitos das Fazendas e Registros Públicos de Palmas, ressaltou na decisão que o Estado mantinha cerca de 745 contratados temporários e mais 260 terceirizados, ao invés de dar continuidade ao concurso.

O concurso da Defesa Social foi lançado em  fevereiro de 2014, sendo que as provas foram aplicadas em dezembro do mesmo ano. Depois, o concurso chegou a ser suspenso.

Cerca de 42 mil candidatos se inscreveram no concurso, mas foi colocado á disposição o preenchimento de aproximadamente 1.250 vagas. As vagas foram para os cargos de assistente socioeducativo, técnico em defesa social, técnico socioeducador, analista em defesa social e analista socioeducador.

Comentários pelo Facebook: