Seet
Sobral – 300×100

Governo e Banco da Amazônia fecham acordo de R$ 1 bilhão para alavancar economia do Tocantins

Agnaldo Araujo - |
Foto: Manoel Lima
O acordo foi assinado nesta terça-feira, 14

A vice-governadora do Tocantins, Claudia Lelis, e o presidente do Banco da Amazônia (Basa), Marivaldo de Melo, assinaram na manhã desta terça-feira (14/02), o protocolo de intenções de R$ 964,53 milhões para ações de desenvolvimento sustentável no Estado do Tocantins. Os recursos têm a finalidade de impulsionar o desenvolvimento do Tocantins, alinhadas ao Plano de Aplicação de Recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Norte (FNO) e ao Plano de aplicação dos Recursos Financeiros do Estado para 2017, elaborados pelo Banco.

“Quase R$ 1 bilhão estará disponível para os empreendedores tocantinenses, e esse recurso está vindo em ótima hora, pois contribuirá para o aquecimento da economia gerando benefícios para toda a população. A sociedade precisa compreender que o Estado sozinho não consegue fazer tudo, mas quando firmamos uma parceria com uma instituição, como o Basa, podemos alcançar resultados efetivos e reais para impulsionar o desenvolvimento econômico e sustentável do Estado”, ressaltou Claudia Lelis.

O presidente do Basa, Marivaldo Melo, lembrou que o Banco ampliou os recursos para o Tocantins esse ano, e que, em 2016, do total liberado, 90% foi aplicado no agronegócio. “Esses recursos de 2017 irão contribuir para alavancar esse segmento e tenho certeza de que o Tocantins se tornará um grande polo de desenvolvimento do agronegócio, pois aqui existem, todas as condições necessárias para que isso aconteça”, destacou Marivaldo Melo.

O deputado estadual Olyntho Neto lembrou que o Basa é o agente fomentador responsável por proporcionar condições para que isso aconteça e que o agronegócio sustenta o Estado. “Eesses recursos podem contribuir muito para alavancar os negócios desse ano“, ressaltou.

Os recursos serão aplicados em operações que se enquadrem nos programas de financiamento operacionalizados pela instituição, em conformidade com o Plano de Aplicação dos Recursos Financeiros 2017, no Estado. O banco disponibilizará, também, mais R$ 410 milhões para atender toda a região, provenientes de outras fontes disponíveis de fomento.

Comentários pelo Facebook: