Governo economizaria R$ 300 milhões com corte de 10 mil cargos comissionados, afirma Kátia Abreu

Redação AF - - 865 views
Foto: Divulgação
Senadora Kátia Abreu, pré-candidata ao Governo

Com base nas informações técnicas de especialistas, que atuam no serviço público do Tocantins, a pré-candidata Kátia Abreu disse que é possível o Governo economizar R$ 700 milhões por ano, ou seja, 10% da arrecadação registrada no ano passado, que foi de R$ 7 bilhões, e investir no mínimo 20% do valor nos municípios.  A declaração foi durante reuniões com lideranças políticas e população em cidades do Norte e do Sul Estado, no final de semana.

Na avaliação de Kátia Abreu, se o Governo investisse R$ 200 milhões por ano nos municípios, por meio de convênios, os prefeitos poderiam resolver o problema da falta de água, das estradas vicinais e do asfalto nas cidades, gargalos enfrentados pela maioria dos municípios.

“O recurso daria para os prefeitos resolverem problemas simples que estão incomodando há anos a população, a exemplo da perfuração de poços para resolver o problema da falta de água, que em algumas regiões é uma questão de vida e morte. São questões que estão incomodando, igual a um calo no dedo mindinho do pé quando calçamos sapato”, afirma.

A pré-candidata frisou que a solução para economizar os R$ 700 milhões viria com a eliminação de 10 mil cargos comissionados, dos atuais 18 mil. “Na verdade são usados para politicagem, porque essas pessoas não trabalham, estão à disposição. Só com essa medida a economia é de R$ 300 milhões por ano”, calcula.

E a outra diferença seria possível a partir da administração eficiente da saúde. “Atualizar os pagamentos da saúde, eliminando desperdício, porque os recursos estão escorregando pelo ralo, uma parte para corrupção e a outra pela má gestão.  O estado é tido como mal pagador, porque compra no mercado um medicamento, por exemplo, que custa R$ 1,00, por R$ 10,00. Essa prática precisa ter fim”.

Agenda

A pré-candidata esteve em oito municípios tocantinenses, de quinta-feira (1º) a sábado (3). Miracema, Miranorte, Figueirópolis, Sandolândia, Araguaçu, Divinópolis, Cristalândia e Lagoa da Confusão. Além de ir às cidades de Gurupi, Cariri e Dueré, no domingo (4.) E nesta segunda-feira (5), retorna à cidade de Gurupi para uma reunião com grupo  de religiosos do município.

Kátia Abreu está indo aos municípios para ouvir à população sobre os problemas da região. Todos os relatos são anotados e farão parte do seu projeto de governo que está sendo formatado.   Sua pretensão é concluir os 139 municípios até dia 30 de maio. A pré-candidata está trabalhando duro, dividindo os dias da semana com o trabalho no Senado Federal e sua caminhada pelo Tocantins, iniciada em março do ano passado.  Todo percurso é feito de carro.

Comentários pelo Facebook: