Sobral – 300×100
Seet

Governo sinaliza concurso com mais de 1.000 vagas para PM e retomada do certame da Polícia Civil

Redação AF - |
Foto: Divulgação/Governo do Tocantins
Governo anuncia ações na segurança pública.

Durante quase três horas de reunião, representantes da Polícia Militar, Secretaria de Estado de Segurança Pública, órgãos do Poder Judiciário, entre outros segmentos, discutiram medidas para inibir a criminalidade no Tocantins na última terça-feira (12).  Entre as ações, a reativação do Grupo de Gestão Integrada implantada no primeiro mandato do governador Marcelo Miranda, em 2004. A intenção é reunir todas as forças policiais para o combate da violência.

O governo reconheceu a fragilidade do sistema de segurança pública hoje no Estado, citando o déficit de 140 delegados e mais uma vez sinalizou a realização do concurso da Polícia Militar, com oferta de mais de 1000 vagas, como garantiu o comandante da Polícia Militar do Tocantins, coronel Glauber de Oliveira Santos.

Ações na Segurança Pública

O secretário Cesar Simoni anunciou que até o final deste ano o Governo do Estado irá implantar o Centro Integrado de Comando e Controle, que vai ajudar no monitoramento e combate ao crime. O gestor pontuou também que já estão em curso a reforma de 11 delegacias, manutenção da frota veicular e a implantação do Laboratório de Lavagem de Dinheiro, que vai realizar o acompanhamento financeiro dos criminosos.

Na ocasião, o secretário citou a reativação do Gabinete de Gestão Integrada do Estado (GGIE), que tem o intuito de discutir e definir estratégias de combate à violência no Tocantins, por meio da união dos diversos órgãos ligados ao legislativo, à justiça e segurança.

Sobre o concurso da Polícia Civil realizado em 2014, o secretário de segurança pública do Estado, César Roberto Simoni de Freitas antecipou que a realização da academia de polícia para os aprovados deve acontecer em março deste ano.  “Como já vimos que muitos passaram em concursos de outros Estados, vamos chamar também muitos dos que compõe o cadastro de reservas” , destacou.

PM fará concurso para mil soldados

O coronel Glauber de Oliveira Santos disse que o concurso da Polícia Militar está entre as metas da administração pública no Plano Plurianual, mas, ainda não há data prevista para a realização do certame, no entanto, o comandante informou que o chefe do Poder Executivo estadual pediu urgência para concretização do concurso.

“No orçamento de 2016, aprovado em dezembro passado, fomos contemplados com a possibilidade de realizar concurso público para suprir parte da nossa necessidade de vagas. Estamos agora trabalhando para viabilizar o financeiro e ainda neste ano vamos fazer um concurso público com mil vagas e, mais trinta vagas para o Curso de Formação de Oficiais” , explicou o comandante-Geral da Polícia Militar.

Comentários pelo Facebook: