Sobral – 300×100
Seet

Grupo canadense assina contrato de compra da Odebrecht Ambiental e assumirá serviços de água e esgoto no TO

Redação AF - |
Foto: Divulgação
Contrato de compra e venda já foi assinado na última quinta-feira (27/10)

A Odebrecht S.A. assinou na última quinta-feira (27/10) o contrato de venda de todas as suas ações na Odebrecht Ambiental, equivalente a 70%, para a gestora de fundos canadense Brookfield Brazil Capital Partners LLC e o Fundo de Investimentos BR Ambiental, ambos administrados pela Brookfield Asset Management. O fundo de investimento FI-FGTS, sócio da Odebrecht Ambiental desde 2009, deverá manter sua participação de 30% no capital da empresa.

O preço da venda foi de US$ 878 milhões (aproximadamente R$ 2,8 bilhões) e é composto por um pagamento antecipado de US$ 768 milhões e um adicional de US$ 110 milhões, ao longo dos próximos 3 anos, condicionado ao crescimento continuado da empresa. O fechamento definitivo da transação, previsto para o primeiro trimestre de 2017, está sujeito a uma série de condições que são habituais em transações envolvendo empresas prestadoras de serviço público, como a obtenção de anuências do poder público, dos financiadores e aprovações regulatórias.

Fundada em 2008, Odebrecht Ambiental é hoje a maior empresa privada de saneamento do Brasil. Atende atualmente a mais de 17 milhões de pessoas em 12 estados no Brasil por meio de concessões e de parcerias público-privadas. A operação inclui também parte dos serviços de tratamento de resíduos e de água industrial.

Toda a estrutura técnica da Odebrecht Ambiental é parte da transação e permanece inalterada, assim como o seu quadro de funcionários, garantindo sua capacidade técnica-operacional e a manutenção dos compromissos com todos os municípios onde ela atua.

A Brookfield é um dos maiores grupos de investimento do mundo, atuando nas áreas imobiliária, de infraestrutura, energia renovável, construção, agropecuária e florestal. Presente em 30 países com mais de US$ 250 bilhões em ativos sob gestão e emprega hoje 55 mil pessoas. A companhia investe no Brasil há mais de cem anos, administrando US$ 12 bilhões em ativos, em 15 estados brasileiros.

TOCANTINS

A Odebrecht Ambiental | Saneatins é a concessionária responsável pelos serviços de tratamento e distribuição de água e coleta e tratamento de esgoto em 47 municípios do Estado do Tocantins, atendendo 80% da população de cerca de 1,5 milhão de pessoas. O Tocantins possui índice de atendimento com água tratada de 99,99% dos moradores, número que contrasta com o índice de 52,4% de atendimento para o mesmo serviço na Região Norte do Brasil.

Controlada pela Odebrecht Ambiental desde 2011, a empresa assumiu o desafio de expandir o serviço de coleta e tratamento de esgoto, hoje acessível a 32% das famílias. Nesse quesito, a capital Palmas saltou de 55% em 2012 para 84% em 2016, assim como a cidade de Porto Nacional, 5ª mais populosa do estado, com índice superior a 86%. Diferente da maior parte da realidade brasileira, todo esgoto coletado é tratado antes de ser devolvido à natureza. A Região Norte do país coleta 6,5% do esgoto, dos quais 14% são devidamente tratados.

São cidades atendidas pela Odebrecht Ambiental | Saneatins no Tocantins, Palmas, Porto Nacional, Paraíso do Tocantins, Cristalândia, Barrolândia, Lagoa da Confusão, Miracema do Tocantins, Miranorte, Rio Sono, Guaraí,  Colmeia, Gurupi, Peixe, Aliança do Tocantins, Palmeirópolis, Formoso do Araguaia, Figueirópolis, Alvorada, Araguaçu, Araguaína, Nova Olinda, Filadélfia, Babaçulândia, Goiatins, Campos Lindos, Wanderlândia, Colinas do Tocantins, Arapoema, Augustinópolis, Buriti do Tocantins, São Miguel do Tocantins, São Sebastião do Tocantins, Carrasco Bonito, Tocantinópolis, Nazaré, Aguiarnópolis, Palmeiras do Tocantins, Araguanã, Xambioá, Dianópolis, Almas, Taguatinga, Arraias, Combinado, Lavandeira, Natividade e Paranã.

Veja mais…

Grupo compra 70% da empresa Odebrecht Ambiental por R$ 2,8 bi

Comentários pelo Facebook: