Seet
Sobral – 300×100

Grupo chinês arremata Centro Universitário Luterano de Palmas em leilão judicial por dívida trabalhista

Agnaldo Araujo - |
Foto: Divulgação
O Ceulp/Ulbra foi arrematado por um grupo chinês

O grupo Glory Top, de Hong Kong, na China, arrematou o Centro Universitário Luterano de Palmas (Ceulp/Ulbra) em leilão judicial para saldar dívidas trabalhistas.

O leilão ocorreu na tarde desta sexta-feira (16) na cidade de Canoas (RS) e engloba outras cinco unidades localizadas nas regiões norte e centro-oeste mantidas pela Associação Educacional Luterano do Brasil (Aelbra).

O Ceulp/Ulbra de Palmas está avaliado em R$ 589,7 milhões. A unidade e as demais que foram leiloadas somam um montante de R$ 1,2 bilhão.

A 3ª Vara do Trabalho de Canoas (RS) determinou, em agosto de 2017, avaliação institucional para obter “a verdadeira radiografia patrimonial da instituição de ensino” e buscar uma solução definitiva para resolver o volumoso passivo trabalhista, estimado em cerca de R$ 300 milhões somente no Rio Grande do Sul. A avaliação de todos os ativos da mantenedora (Aelbra) juntada aos autos soma um valor total de R$ 4,5 bilhões.

A decisão de leilão julgou válida a avaliação juntada ao processo judicial, movido pelo Sindicato dos Professores do Ensino Privado do Rio Grande do Sul (Sinpro-RS) em 2008, no qual foram reunidas todas as execuções de processos trabalhistas individuais em tramitação em várias comarcas do Estado.

Após o leilão, haverá um período de transição mediada pela justiça do trabalho com a participação da Aelbra, Sinpro-RS e o grupo Glory Top até que ocorra a homologação da alienação judicial.

O Ceulp/Ulbra de Palmas destacou que o processo de transição de mantenedora não prejudicará as atividades institucionais de ensino, pesquisa e extensão, nem os alunos bolsistas ou não, respeitando suas obrigações e objetivos estatutários enquanto instituição de ensino.

A entidade ainda reafirmou o compromisso com a qualidade da formação de futuros profissionais e a excelência dos serviços prestados.

As outras unidades leiloadas foram:

Centro Universitário Luterano Ji-Paraná (Ceulji), avaliado em R$ 175, 3 milhões;

Centro Universitário Luterano de Santarém, avaliado em R$ 132 milhões;

Centro Universitário de Manaus, avaliado em R$ 150,6 milhões;

Instituto de Ensino Superior de Itumbiara, avaliado em R$ 161,5 milhões;

Instituto Luterano de Ensino Superior de Porto Velho (Iles), avaliado em R$ 75,9 milhões.

Comentários pelo Facebook: