Há exatos 51 anos Apple lançava o “Apple I”, seu primeiro computador pessoal

Agnaldo Araujo - |
Foto: Divulgação
Apple I - Primeiro computador da Apple

No dia 11 de abril de 1976 era lançado o Apple I, um computador pessoal e primeiro produto da empresa fundada por Steve Jobs e Steve Wozniak. Acredita-se que somente 200 deles foram fabricados, todos de maneira manual, por Wozniak, com preço final de US$ 666,66 – Wozniak gostava de dígitos repetidos.

Jobs deu a ideia de vender o computador, que possuía, inclusive, uma encomenda de 50 deles para uma loja local de Cupertino, na Califórnia. O primeiro ponto de venda do computador foi a garagem da casa dos pais de Jobs. Para dar início ao projeto, Jobs vendeu seu único meio de transporte, um VW Microbus. Wozniak se desfez da sua calculadora HP-65 por US$ 500. Mais tarde, o Apple I foi exibido no Homebrew Computer Club, em Palo Alto, na Califórnia.

Ao contrário de outros computadores amadores de sua época, que eram vendidos como kits, o Apple I era constituído por uma placa de circuito totalmente montada, com aproximadamente 60 chips. Contudo, os usuários precisavam adicionar equipamentos para fazê-lo funcionar: um case, transformadores de energia, interruptor, teclado e vídeo. De qualquer maneira, o Apple I foi uma máquina inovadora para sua época.

Em abril de 1977, seu preço foi caiu para US$ 475. A máquina continuou a ser vendida até agosto do mesmo ano, apesar da introdução do Apple II em abril de 1977. Em outubro, a Apple abandonou o Apple I. Como Wozniak era a única pessoa que poderia responder a maioria das perguntas de suporte ao cliente sobre o computador, a empresa ofereceu descontos aos proprietários do Apple I para a compra do Apple II, além de persuadir os compradores a devolverem o computador inicial. O material que retornou foi destruído pela Apple, contribuindo para a sua raridade hoje em dia.

Até 2013, tinha-se conhecimento da existência de, ao menos, 61 Apple I, contudo, apenas seis estavam funcionando. Em maio de 2013, um destes computadores com condições de uso foi vendido em um leilão em Cologne, na Alemanha, por US$ 668 mil. Esta máquina tinha a assinatura de Wozniak, uma carta comercial escrita por Jobs e o manual de instrução original, artigos que, certamente, ajudaram a elevar bastante o preço.

Por History.com

Comentários pelo Facebook: