Halum é sondado para disputar Governo na eleição suplementar; aliados mostram cenário favorável

Redação AF - | - 665 views
Foto: Divulgação/ascom
Deputado federal César Halum

O deputado federal araguainense, César Halum (PRB) está sendo sondado para entrar na disputa ao Governo do Tocantins na eleição suplementar que deve ocorrer no dia 3 de junho. Halum é pré-candidato ao Senado Federal e já tem o apoio de dezenas de prefeitos, de norte a sul do Estado, o que garante a ele certa musculatura eleitoral.

Os defensores desse novo projeto argumentam que a cassação de Marcelo Miranda mudou significativamente o cenário político de 2018, uma vez que antecipou o processo eleitoral com eleições diretas e isso pode excluir da disputa alguns pré-candidatos ao Governo, tais como os prefeitos de Palmas e Araguaína, Carlos Amastha (PSB) e Ronaldo Dimas (PR), em razão da exigência de seis meses de desincompatibilização do cargo.

Nesse cenário, Halum ganharia força, pois já possui o apoio de um bloco partidário formado pelo PRB, PP de Lázaro Botelho e PPS, do deputado estadual Eduardo do Dertins.

Ainda nesse cenário, Halum disputaria a eleição suplementar tendo como concorrentes, apenas, a senadora Kátia Abreu (PDT), o próprio governador interino Mauro Carlesse (PHS), o ex-juiz Márlon Reis (Rede) e alguns outros nomes.

Aliados argumentam ainda que Halum já sairia com larga vantagem nas regiões norte e central do Estado e também no Bico do Papagaio. Daí buscaria um vice no sul, ou na capital, para fechar a chapa.

Comentários pelo Facebook: