Halum pede voto casado e Siqueira arremata: ‘votem em gente que presta e não rouba’

Agnaldo Araujo - |
Foto: Nielcem Fernandes // AF Notícias
Siqueira e Halum foi apresentados oficialmente com candidato ao Senado na chapa de Carlesse

Nielcem Fernandes // AF Notícias

Após a oficialização dos nomes de Siqueira Campos (DEM) e César Halum (PRB) como candidatos ao Senado Federal na chapa do governador Mauro Carlesse (PHS), ambos discursaram para lideranças políticas e aliados que prestigiaram a convenção governista na Assembleia Legislativa, na tarde desse sábado (3).

CÉSAR HALUM

Halum disse que o governador é um “homem de palavra”, pois manteve as alianças seladas ainda durante a eleição suplementar. “O governador manteve sua palavra e seu compromisso diante do resultado conquistado nas urnas na eleição suplementar”, destacou.

O candidato aproveitou para pedir “voto casado” e homenageou o seu companheiro de chapa. “Essa é uma convenção histórica. Tenho a honra e orgulho de estar nessa chapa como candidato a senador e poder competir ao lado do grande mestre tocantinense Siqueira Campos. Essa é uma eleição de muitos candidatos e de muita conversa. Política se faz escolhendo um lado. E eu queria pedir a cada um dos meus seguidores que não entrem nessa conversa de votar em um daqui e outro dali. Eu quero um voto casado: César e Siqueira. Eu quero um voto casado: César, Siqueira e Carlesse”, disse.

O republicado destacou a necessidade de representatividade no Norte do Estado e lembrou a falta do ex-senador João Ribeiro, falecido em 2013. “Serei represente do Norte com orgulho, mas trabalharei pelo Tocantins inteiro, sem distinções ou divisões, pois umas das coisas que mais me impulsionaram a permanecer neste projeto foram minhas idas ao Sul e Sudeste e lá perceber que as pessoas sabem da responsabilidade da chapa, além de ouvir deles que o parlamentar que mais trabalhou por aquelas regiões foi o amigo João Ribeiro”, pontuou.

O primeiro suplente de Halum será o empresário do setor imobiliário Darci Garcia da Rocha. Ele que é natural de Barretos – SP está no Tocantins desde 1989. Residente de Palmas, é casado com Nilzair Alvez Araújo e pai de 4 filhos. Darci nunca ocupou cargo público. Para a segunda suplência, Halum estuda com o grupo um representante de Gurupi.

SIQUEIRA CAMPOS

Mesmo aos 90 anos recém-completados, o ex-governador Siqueira Campos afirmou que está em condições de exercer o mandato de senador e declarou que ainda se sente muito competitivo. “Eu quero dizer a vocês que estou bastante competitivo, esperem sempre a minha colaboração. Essa é uma honra que não vou esquecer nunca”, disse.

O ex-governador também pediu voto para a chapa majoritária. “Votem em gente que presta. Gente que não rouba. Isso eu lhes peço. Se for uma decisão de vocês eu estarei no Senado com o meu gabinete sempre aberto e estarei a serviço de vocês”, afirmou.

Em seu discurso, Siqueira elogiou Carlesse e disse que o Tocantins não pode continuar no que chamou de “estado de miséria”. “Se conhece uma pessoa pelos atos. Esse é um líder extraordinário que veio de presente para o Tocantins. O Tocantins é um Estado grande com uma economia vigorosa e que vê seus filhos na miséria. Não posso aceitar isso”, finalizou.

Comentários pelo Facebook: