HDT poderá atender demanda do Estado para desafogar Regional de Araguaína

Agnaldo Araujo - |
Foto: Secom
Audiência entre o reitor da UFT e o governador Mauro Carlesse

O Hospital de Doenças Tropicais de Araguaína, instituição ligada à Universidade Federal do Tocantins (UFT), poderá ampliar o alcance dos atendimentos para atender a demanda do Governo do Tocantins.

A possibilidade foi tratada durante audiência do reitor da UFT, Luiz Eduardo Bovolato, com o governador interino Mauro Carlesse, no Palácio Araguaia, na manhã desta segunda-feira (28).

Segundo Eduardo Bovolato, o atendimento a ser ofertado pelo HDT poderá desafogar o Hospital Regional de Araguaína. “Oferecemos a estrutura ao Governo e, caso seja concretizada essa parceria para contratação dos serviços do hospital, será ampliado o atendimento, especialmente em algumas especialidades mais críticas que a unidade tem condições de atender a população e desafogar o Hospital Regional”, explicou o reitor da UFT.

O Governo sinalizou positivamente com a possibilidade a ser discutida com a Secretaria de Estado da Saúde. A pasta é que irá se manifestar formalmente sobre a viabilidade de estabelecer essa relação com a UFT.

A partir da manifestação positiva do Estado, a universidade vai dizer ao Governo detalhadamente o que pode oferecer e em que condições pode oferecer, além das especialidades que podem ser atendidas imediatamente no Hospital de Doenças Tropicais, que é um hospital universitário”, explicou Eduardo Bovolato.

Foto: Secom
O encontro ocorreu em Palmas
Foto: Divulgação
HDT em Araguaína

Comentários pelo Facebook: