Hospital da UFT de Araguaína passa a ofertar consultas e exames oftalmológicos

Redação AF - |
Foto: Divulgação
Novos serviços ofertados no HDT-UFT de Araguaína

Desde a segunda semana do mês de junho, os usuários internados e do ambulatório usufruem de consultas e exames oftalmológicos no Hospital de Doenças Tropicais da Universidade Federal do Tocantins (HDT-UFT), instituição filiada à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), localizado no município de Araguaína (TO).

A viabilização do novo serviço se tornou possível com a aquisição recente de aparelhos e equipamentos e a contratação da profissional especialista no concurso.

O gerente de Atenção à Saúde (GAS), Hilário Fábio Nunes Araújo ressalta que é uma grande conquista para o hospital. “A oferta do serviço de oftalmologia é um grande avanço na integralidade da assistência aos usuários do HDT-UFT, tendo em vista que esta demanda quando necessária, o usuário era encaminhado para outros serviços da Rede de Atenção à Saúde”, contextualiza.

A médica oftalmologista Tatiana Arraes explica que os equipamentos são de última geração e que possibilitam a efetivação de uma consulta completa, por meio da realização do exame de grau (refração), medida da acuidade visual, biomicroscopia, fundoscopia, e medida da pressão ocular. “A tecnologia disponibilizada pelos aparelhos permite um diagnóstico mais preciso, agregando qualidade ao atendimento”, conclui.

Atendimento

O HDT-UFT é um hospital universitário, de pequeno porte que oferta serviços especializados no tratamento de doenças infectocontagiosas e parasitárias, e o expediente é realizado por meio de encaminhamentos oriundos dos serviços de saúde que compõem a Rede de Atenção à Saúde (RAS).

O serviço de oftalmologia está vinculado à Divisão de Gestão do Cuidado e poderá ser ofertado para a RAS do Estado do Tocantins após a contratualização.

Sobre a Ebserh

Desde fevereiro de 2015, o HDT-UFT faz parte da Ebserh. Estatal vinculada ao Ministério da Educação, atua na gestão de hospitais universitários federais. O objetivo é, em parceria com as universidades, aperfeiçoar os serviços de atendimento à população, por meio do SUS, e promover o ensino e a pesquisa nas unidades filiadas.

A empresa, criada em dezembro de 2011, administra atualmente 40 hospitais e é responsável pela gestão do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), que contempla ações em todas as unidades existentes no país, incluindo as não filiadas à Ebserh. (Ascom)

Comentários pelo Facebook: