Seet
Sobral – 300×100

Hérnia de Disco – o toque terapêutico e o alívio pela Fisioterapia Manual

Agnaldo Araujo - |
Foto: Divulgação
Estima-se que 2 a 3 % da população mundial sejam acometidos de hérnia de disco

Estima-se que 2 a 3% da população mundial sejam acometidos de hérnia de disco, cuja prevalência é de 4,8% em homens e 2,5% em mulheres, acima de 35 anos. Segundo dados do IBGE, cerca de 5,4 milhões de brasileiros sofrem de hérnia de disco.

O que é Hérnia de Disco?

A coluna vertebral é composta por vértebras, por onde passa a medula espinhal ou nervosa. Entre as vértebras cervicais (C1-C7), torácicas (T1-T12) e lombares (L1-L5), estão os discos intervertebrais, estruturas em forma de anel, constituídas por tecido cartilaginoso e elástico cuja função é evitar o atrito entre uma vértebra e outra e amortecer o impacto e auxiliar na movimentação.

A hérnia é simplesmente um disco que se moveu fora de seu lugar, colocando uma pressão excessiva sobre os ossos e nervos ao longo da coluna. Frequentemente, qualquer movimento será doloroso, já que pode empurrar o disco mais para fora de seu lugar e fazer com que ele colapse por completo.

Causas de Hérnia de Disco: 

Fatores genéticos;

Hábitos de carregar peso;

Dirigir demasiadamente;

Traumatismo por queda ou acidentes automobilísticos;

Posturas inadequadas;

Maus hábitos e fumar;

Trabalho físico pesado;

Postura de trabalho estática e Trabalho repetitivo;

Inclinar e girar o tronco freqüentemente, levantar, empurrar e puxar;

Vibrações;

Psicológicos e psicossociais;

Processo natural de envelhecimento.

Sintomas de Hérnia de Disco: 

Alteração de sensibilidade com ou sem irradiação para o tronco, a cabeça, os braços ou pernas;

Dor local ou irradiada;

Adormecimento, formigamento, queimação ou câimbras podendo ocorrer em uma ou ambas as pernas ou braços;

Sensação de estalos ou travamento nos membros inferiores e dificuldade para a movimentação dos mesmos;

Perda de força nestes músculos com a possibilidade de atrofia na musculatura envolvida;

Pode ocorrer disfunções viscerais como prisão de ventre ou ate incontinência urinaria.

Hérnia Cervical – Dor no pescoço, ombros, na escápula, braços ou no tórax;

Diminuição da sensibilidade ou de fraqueza no braço ou nos dedos.

Hérnia Torácica – Raras devido a pouca mobilidade dessa região da coluna. Sintomas inespecíficos na região torácica e abdominal, incomodando durante muito tempo.

Hérnia Lombar – Geralmente associada a acometimento do nervo ciático (ciatalgia, dor no ciático), dor intensa, pulsante, em choque ou fisgada de alta intensidade atrás da perna e segue irradiando por todo o trajeto do nervo ciático com uma sensação de queimação.

Diagnóstico Clinico e de Imagem

O diagnóstico é feito pelo médico, preferencialmente ortopedista ou neurologista, sendo realizado clinicamente e com suporte de imagem como Raio-X. Tomografia e ressonância magnética ajudam a determinar o tamanho da lesão e em que exata região da coluna está localizada.

Fisioterapia Manipulativa

A Fisioterapia Manipulativa trata com sucesso os sintomas associados à hérnia de disco e desgaste da coluna vertebral, sendo  a maneira mais eficaz para auxiliar no tratamento clínico da hérnia de disco para a descompressão nervosa, desde que não haja o extravasamento discal, rompimento do anel, nem compressão medular.

A manipulação vertebral é um conjunto de manobras e técnicas físicas com a aplicação de técnicas de Quiropraxia, Osteopatia e terapias feitas a mão e sem aparelhos, que visa o desarme de pontos gatilho-vertebrais (trigger-points) que são os locais, na coluna vertebral, onde a dor se origina. Os resultados são rápidos, pois atuam diretamente nas unidades causadoras da queixa. Algumas vezes a utilização de antiinflamatórios receitados pelo médico pode ser necessário e otimizar a recuperação do paciente.

Em casos de degeneração discal ou articular irreversível, faz-se necessário a manutenção com a Terapia Manual para manter o alivio doloroso e evitar que o disco seja sobrecarregado de novo. Em casos mais graves, pode ser necessário o tratamento cirúrgico, por isso faz-se necessário o tratamento multidisciplinar.

Fisioterapia Manipulativa – Como Fazer? 

1º- Consulte seu médico

2º- Consulte nossa fisioterapeuta

3º- Agende sua consulta

Ainda tem duvidas… Clínica Colunas

Se você está sofrendo de dor de coluna, a Clínica Coluna pode ajudar você a se recuperar sem o uso de drogas, tratamentos duradouros e ineficazes, não perca tempo, entre em contato com os canais de dúvidas!

Email – colunasclinica@gmail.com

Fan page – www.facebook.com/clinicacolunas

Instagran – clinicacolunas

Watts app – (63) 84532217 – emergência

Unidade Araguaina – Clinica Ophicina do Corpo e Studio Pilates – Av. Paranaiba, 1697 – b, Centro Araguaina

Fones – (63) 3414-8245 (63) 9225-0260 – Agendamento

Unidade Palmas – Clinica Colunas –Av. Teotonio Segurado, 101 Sul, Lt. 06 – Edificio Office Center, 1 Andar, sala 104, Centro  – (63) 3214- 4563

Unidade Hospitalar – IOP/CEACOP Instituto Ortopédico de Palmas – 603 Sul, Lo 02, Lt. 09, Plano Diretor Sul –  (63) 84532217

Comentários pelo Facebook: