Homem é acusado de engravidar menina e matar bebê fruto do estupro

Agnaldo Araujo - |
Foto: Divulgação
Suspeito preso

Um homem conhecido como ‘Corró’, de 38 anos, foi preso em Arapoema (TO) acusado de estuprar uma criança durante três anos e ainda ter matado o bebê que nasceu da relação sexual criminosa. Ele foi capturado pela Polícia Civil da cidade, nesta segunda-feria (18), em cumprimento a um mandado de prisão preventiva, com o apoio do Grupo de Operações Táticas Especiais (Gote).

A investigação apontou que ‘Corró’ abusou sexualmente da criança quando ela tinha 10 anos até os seus 13 anos de idade. Em decorrência dos abusos, a menina engravidou do suspeito e o bebê nasceu.

A criança fruto do estupro passou a residir junto com ‘Corró’ quando ela tinha dois anos de vida. Não satisfeito com as barbaridades já praticadas contra a mãe da criança, conforme a polícia, o acusado matou o garotinho durante o banho.

A polícia informou que o suposto autor tomava banho com o menino e possivelmente o “agarrou pelos pés e arremessou a cabeça dele contra a parede”. O bebê foi atendido no hospital de Arapoema no mesmo dia e a equipe médica constatou na época que a criança apresentava violação aparente em suas partes íntimas.

Todo o ocorrido foi na cidade de Arapoema e o acusado permaneceu impune por anos. Conforme a policia, ‘Corró’ já possui passagem criminal por roubo e ainda é suspeito de ter praticados outros estupros  contra crianças na região, que já estão sendo investigados pela delegacia de Polícia Civil de Arapoema.

A polícia não divulgou a data dos crimes praticados por ‘Corró’.

Comentários pelo Facebook: