Seet
Sobral – 300×100

Homem é suspeito de forjar bilhete de despedida para ocultar morte da esposa

Agnaldo Araujo - |
Foto: Ilustrativa
O homem é acusado de matar a esposa e forjar o bilhete de despedida

Sete anos após ser arquivado o inquérito policial por falta de provas, o Ministério Público Estadual (MPE) denunciou José Francisco Borges pelo assassinado da então companheira Maria da Conceição de Sousa Panta. O crime aconteceu na cidade de Lagoa da Confusão no ano de 2007, mas um bilhete de despedida foi usado por Francisco como justificativa do desaparecimento da esposa.

A reviravolta no caso aconteceu quando uma testemunha se apresentou, em 2017, afirmando ser autora do bilhete escrito, à época, em nome da vítima, a pedido de Francisco. No conteúdo do bilhete forjado, Maria da Conceição solicitava à mãe que cuidasse dos filhos, pois estava “indo embora”.

Diante do novo fato, a Promotoria de Justiça de Cristalândia requisitou laudo pericial do bilhete e confirmou que a carta havia sido escrita pela testemunha e não pela vítima. Diante da constatação, o inquérito policial foi desarquivado e Francisco foi denunciado pelo MPE por homicídio e ocultação de cadáver.

O acusado estava foragido desde a data da consumação do crime, mas o Promotor de Justiça Francisco Brandes Júnior obteve sua prisão preventiva e, com o apoio do Núcleo de Segurança Institucional (NIS), do MPE, localizou Francisco Borges em Goiânia (GO).

O mandado de prisão foi cumprido nesta quarta-feira, 04, pela Polícia Civil do Tocantins, com o apoio da Delegacia Especializada em Investigações Criminais de Goiás, chefiada pelo Delegado Alex Nicolau do Nascimento Vasconcelos. Na ocasião da prisão, Francisco Borges confessou o crime e se dispôs a identificar o local onde escondeu o corpo. O crime aconteceu porque Maria da Conceição havia terminado o relacionamento.

A denúncia criminal oferecida pelo Ministério Público requer que o acusado seja levado a Júri Popular pelo crime de homicídio qualificado e ocultação de cadáver. (Ascom/MPE).

Comentários pelo Facebook: