Homem mata outro por engano durante festa e morre após avançar em policial

Redação AF - |
Foto: Divulgação
Acidente aconteceu na região do Bico do Papagaio

Márcia Costa //AF Notícias

Um duplo homicídio foi registrado na noite dessa sexta-feira (23) durante uma festa em Goiatins, norte do Estado. Um homem foi morto a golpe de faca e o autor do homicídio morreu em seguida a tiro disparado por um policial civil que estava no local da confusão.

Segundo informações apuradas pelo AF Notícias, o fato ocorreu em um bar onde acontecia uma seresta dançante. Dois ex-presidiários do Presídio Barra da Grota discutiram e se agrediram mutuamente, sendo que um deles saiu da festa e prometeu voltar para fazer vingança.

Momentos depois, o ex- presidiário identificado como Talisson Alves Pereira Carvalho, de 23 anos, retornou com uma faca e, segundo testemunhas, teria confundido e esfaqueado Anderson Sousa Silva, de 34 anos, que não tinha nenhum envolvimento com a confusão.  Testemunhas relataram que a vítima estava vestida com roupas parecidas com as usadas pelo outro envolvido.

No momento do esfaqueamento, um policial civil à paisana determinou que o agressor parasse, mas a ordem não foi acatada e ele ainda teria tentado avançar contra o policial. Com isso, o policial efetuou um disparo de arma de fogo contra o agressor, que acabou morrendo no local. A vítima do esfaqueamento levou três golpes e também veio a óbito.

Os corpos foram encaminhados ao IML de Araguaína.

Comentários pelo Facebook: