Homem prometia código para ligações ilimitadas e desaparecia com celular da vítima

Agnaldo Araujo - |
Foto: Divulgação/PC
Suspeito preso no hotel

Márcia Costa//AF Notícias 

A Polícia Civil prendeu um suspeito de praticar o crime de estelionato quando ele estava hospedado em um hotel de Araguaína, no final da tarde dessa quarta-feira (09). Uma denúncia anônima levou os agentes até o homem.

O estelionatário foi identificado como Wagner de Carvalho Ribeiro, de 48 anos. De acordo com o delegado Wilson Cabral, ele se passava por funcionário de empresa de telefonia para enganar as vítimas e subtrair o celular delas.

O delegado explicou inicialmente que Wagner de Carvalho aplicou o golpe na cidade de Imperatriz (MA). “Ele se passava por agente de empresa de telefonia e afirmava que tinha um código para inserir no aparelho celular da vítima que permitia ela ligar totalmente de graça, de forma ilimitada. A vítima deixava o aparelho com o homem, que fugia em seguida levando o celular”, disse.

O suspeito foi preso quando estava hospedado em um hotel na BR 153, na Vila Cearense, em Araguaína, e apresentou uma identidade falsa aos policiais. Os agentes realizaram uma revista no quarto onde ele estava e ainda encontraram mais três documentos de identidade falsos.

Ainda não há informação se o suspeito estava aplicando o mesmo golpe em Araguaína. A Polícia Civil pede que as possíveis vítimas denunciem o crime, caso já tenham sido enganadas pelo suspeito.

Wagner de Carvalho foi autuado por estelionato e uso de documento falso. Em seguida, ele foi encaminhado à Casa de Prisão Provisória de Araguaína.

 

Comentários pelo Facebook: