Sobral – 300×100
Seet

Homem que matou para não pagar dívida de 9 reais pega 19 anos de prisão

Mara Santos -
Foto: Divulgação
Após mais de 11 anos, acusado do homicídio é condenado

Wellington de Jesus, conhecido como Caçula, foi condenado na última quarta-feira (30/03), a 19 anos e seis meses de prisão, pela morte de Aldo Celestino da Costa. O crime aconteceu em dezembro de 2004, em Paranã, no Sul do Tocantins.

A motivação do homicídio, segundo o Ministério Público Estadual (MPE), seria uma quantia de R$9 que o acusado devia à vítima.  O crime aconteceu em frente a uma boate da cidade, onde mesmo não conhecendo o autor, Costa o emprestara R$10 dos quais ele deveria retirar R$1 para entrar na boate e lhe devolver o troco. O autor, no entanto, adentrou à festa sem devolver o restante do dinheiro.

Ao perceber que a vítima permanecia aguardando o troco, o acusado quis intimidá-la, perguntando se havia algum problema. A vítima, ao perceber o tom ameaçador do autor, afirmou que não havia. Assim que a vítima virou as costas, foi apunhalada com uma facada na região clavicular esquerda, que perfurou seu pulmão e o levou à morte.

Diante dos fatos, o MPE, através do promotor de Justiça Lissandro Aniello Alves Pedro, obteve por decisão unânime do Conselho de Sentença a condenação do réu por homicídio duplamente qualificado, praticado por motivo fútil e sem dar condições de defesa à vítima.

Comentários pelo Facebook: