Seet
Sobral – 300×100

Idosa deixa cadeia após fazer acordo para pagamento da dívida de R$ 9,7 mil referente à pensão da neta

Redação AF - |
Foto: Luis Ernandes
Idosa foi solta no final da tarde desta segunda-feira (22).

AF Notícias //Da Redação

A idosa Maria de Jesus Pereira da Silva, de 62 anos, foi solta no final da tarde desta segunda-feira (22) após fazer um acordo para pagamento da dívida no valor de R$ 9.751,00 referente a pensão alimentícia requerida pela neta, que está prestes a completar 18 anos. Ela havia sido presa pela manhã em cumprimento a mandado expedido pela juíza Juliane Freire Marques, da 1ª Vara da Família e Sucessões.

A prisão civil da idosa teria duração de até 30 dias e repercutiu bastante nas redes sociais. Um oficial de justiça, acompanhado da Polícia Militar, buscou Maria de Jesus em sua casa. Ela ficou detida durante todo o dia na Delegacia de Plantão.

A prisão tinha sido decretada no dia 14 de janeiro, com o parecer favorável do Ministério Público Estadual.

Para evitar que a idosa fosse transferida para a Cadeia Feminina de Babaçulândia, os advogados das partes se reuniram e fizeram um acordo para pagamento da dívida, que foi imediatamente homologado pelo juiz e, em seguida, revogada a prisão.

Na delegacia, a idosa contou que seu filho faleceu no ano de 2003 e que vem ajudando a neta como pode. Porém, a mãe da jovem entrou na Justiça, ainda em 2014, e pediu o pagamento de pensão em 60% do salário mínimo.  Por outro lado, Maria de Jesus disse que vive com apenas um salário e não tem condições de repassar o valor exigido mensalmente. Ela relatou ainda que possui gastos com remédios.

A idosa continuará com a obrigação de pagar mensalmente a pensão alimentícia à neta no valor correspondente a 60% do salário mínimo. O atraso injustificado de três parcelas pode resultar em uma nova prisão.

Comentários pelo Facebook: