Sobral – 300×100
Seet

Idoso foragido da Justiça tenta subornar policias com casa avaliada em R$ 90 mil

Redação AF - |
Foto: AF Notícias
Donizete Pereira, de 62 anos, foi preso em Araguaína pela DEIC

A equipe da Delegacia Especializada em Investigações Criminais – DEIC Norte, de Araguaína (TO), prendeu o idoso Donizete Pereira, de 62 anos, na tarde desta terça-feira (17), em cumprimento a mandado de prisão expedido pela Comarca de Gurupi. Ele estava foragido do Presídio Agrícola Luz do Amanhã, no município de Cariri, desde 2014.

De acordo com a Polícia Civil, a prisão aconteceu após o recebimento de denúncia anônima informando que o foragido estava próximo à Vila Goiás. Daí, os agentes da DEIC passaram a monitorar o idoso e fizeram sua abordagem na Rua Teresina, do Setor Brasil.

Donizete apresentou à polícia documentos com o nome de Antônio Augusto da Silva, mas ao chegar na Delegacia de Plantão foi constatado que todos os documentos eram falsos.

Conforme a polícia, dentro da viatura, Donizete ainda tentou subornar os agentes para que o liberasse. Ele ofereceu uma casa aos policiais, avaliada em R$ 90 mil.

Ele contou ainda que estava em São Paulo, junto com seus parentes, desde a fuga, e retornou a Araguaína apenas para vender a referida casa. O idoso foi autuado em flagrante por falsidade ideológica e corrupção ativa.

Donizete foi preso em 2010 em Araguaína por tráfico de drogas e cumpria pena de 10 anos no Presídio de Cariri. Ele tinha recebido a progressão de regime e já estava fazendo trabalho externo na Prefeitura da cidade, quando se ausentou do trabalho e deixou de assinar o ponto. Segundo a polícia, também houve um procedimento interno dentro da Unidade prisional em que o preso seria penalizado e voltaria ao regime fechado, o que teria motivado sua fuga em 2014.

Comentários pelo Facebook: