Seet
Sobral – 300×100

Igreja poderia ter construído novo prédio para escola desde 2010 em terreno doado

Agnaldo Araujo - | - 890 views
Foto: Divulgação
Sede da Escola Sagrado Coração de Jesus

Congregação Orionita, responsável pela gestão da Escola Paroquial Sagrado Coração de Jesus em parceria com o Governo do Estado, poderia ter evitado toda a polêmica que envolve o fechamento da unidade de ensino por causa da deterioração da estrutura física.

Isso porque, conforme apurou o AF Notícias, a escola já deveria estar funcionando em um novo prédio, uma vez que a congregação possui um terreno para essa finalidade que foi doado ainda em 2010 pela gestão municipal de Araguaína.

A redação do AF teve acesso  à lei que doa o terreno e constatou que a concessão da área foi aprovada na Câmara Municipal e sancionada pelo prefeito Félix Valuar no dia 08 de novembro de 2010. O terreno doado é de 4.840,87 m² e fica no Setor Araguaína Sul, nas proximidades da Praça Iguaçu.

Na área, que foi destinada ao Colégio Santa Cruz – também gerido pela Congregação Orionita – deveria ser construída uma escola de ensino fundamental.

Assim, os alunos da Escola Paroquial Sagrado Coração de Jesus seriam migrados para o novo prédio.

Nesta nova configuração, o convênio para manter a escola também deixaria de ser com o Estado e passaria a ser com Município de Araguaína, por meio da Secretaria Municipal de Educação, pelo prazo de dez anos, prorrogável por igual período quantas vezes fosse necessário.

Entretanto, já se passaram 7 anos, a escola não foi construída e quase 700 alunos e seus responsáveis temem o fechamento de uma das mais conceituadas unidades educacionais de Araguaína. O encerramento das atividades está previsto para o fim do ano.

O Projeto de Doação da área prevê ainda a devolução do terreno caso os beneficiários não iniciassem a obra no prazo de dois anos ou realizassem qualquer atividade ‘estranha’ à finalidade da doação.

NADA FOI CONSTRUÍDO

O atual secretário Municipal de Educação, Jocirley de Oliveira, comentou a doação da área e disse que nada foi construído no terreno doado. “De fato foi feita a doação de um terreno para a Congregação para que eles pudessem construir outra escola e automaticamente migrar a Sagrado Coração de Jesus para esse novo endereço, mas até o momento a igreja não construiu nenhuma edificação no local“, afirmou.

MESMO ENDEREÇO

Segundo o representante dos pais de alunos, Márcio Altino, o interesse da comunidade da escola é de que o prédio da unidade de ensino continue no centro da cidade. “Nosso interesse é que continue no centro, no local original de fundação da Escola Paroquial”, afirmou.

ENTENDA

Escola Paroquial Sagrado Coração de Jesus foi criada em 1955 e, após mais de 60 anos prestando relevantes serviços à educação em Araguaína, poderá ser fechada no final de 2017. A decisão é do conselho que orienta as atividades da unidade e deixou pais e alunos preocupados. A unidade de ensino conta com cerca de 691 estudantes.

Segundo um comunicado emitido pelo diretor provincial da Congregação Orionita Pequena Providência, padre Josumar dos Santos, o motivo do fechamento é a  deterioração do prédio. “Tenho ciência de que o fechamento da Escola Paroquial Sagrado Coração de Jesus vai gerar tristeza em parte da população de Araguaína, mas por outro lado temos certeza de que a decisão visa preservar a integridade física de todos que frequentam a escola”, disse.

LEIA MAIS

Escola tradicional de Araguaína com melhor índice no Ideb será fechada por falta de reforma

Governo e igreja boicotam debate na Câmara sobre fechamento de escola em Araguaína

Comentários pelo Facebook: