Indefinições: Convenções partidárias vão movimentar fim de semana no Tocantins

Agnaldo Araujo -
Foto: Divulgação
Convenções partidárias para as eleições 2018

Nielcem Fernandes // AF Notícias

O próximo domingo (5) é um ultimo prazo para a realização das convenções partidárias no Tocantins, quando as siglas vão definir os nomes de seus respectivos representantes para as eleições de 7 de outubro.

No pleito estão em jogo os cargos de governador e vice, deputados federais e estaduais, além de duas vagas ao Senado da República.

PHS

O PHS, partido do governador Mauro Carlesse, eleito para o mandato tampão e candidato à reeleição, definiu para o sábado (4) a convenção partidária que acontecerá na Assembleia Legislativa, das 9h às 19h. No encontro devem ser oficializados os nomes de Siqueira Campos (DEM) e de Cásar Halum (PRB) para compor a chapa na disputa ao Senado.

Contudo, o Solidariedade ainda tenta emplacar o ex-deputado federal Eduardo Gomes. Ele tem o apoio de deputados estaduais e do prefeito de Araguaína, Ronaldo Dimas (sem partido).

PSB/PR/PSDB

O PSB do ex-prefeito Carlos Amastha foi o primeiro a agendar a sua convenção. O encontro acontecerá no domingo (5) na praça do Espaço Cultural José Gomes Sobrinho, juntamente com o PR do senador Vicentinho Alves, e o PSDB de Ataídes Oliveira, que vão disputar a reeleição ao Senado. O candidato a vice-governador é o empresário Oswaldo Stival Júnior (PSDB), de Gurupi.

PT

O deputado estadual Zé Roberto, presidente regional do partido, confirmou ao AF que o partido se reunirá previamente nesta quinta-feira (2) para acertar os ponteiros e definir os rumos para as eleições de outubro.

A convenção acontecerá no domingo (5), na sede do partido em Palmas. O presidente confirmou que a tendência da sigla é apoiar a candidatura de Márlon Reis (REDE) e indicar o nome de Paulo Mourão para o Senado.

PROS

Ainda sem definição de apoio declarado a nenhum dos pré-candidatos, o PROS marcou sua convenção para o domingo (5), no Hotel Vitória Plaza em Palmas, a partir das 14h. O edital foi divulgado pela deputada federal Josi Nunes, que disputará a reeleição.

PSL

O pré-candidato do PSL, ex-secretário de Segurança Pública César Simoni, confirmou ao AF que a convenção acontecerá no domingo (5), na sede do partido em Palmas.

Simoni ainda não anunciou o nome de seu vice, porém confirmou o nome do agente da Polícia Federal Farlei Mayer na disputa ao Senado. O objetivo é lançar uma chapa puro-sangue apenas com candidatos sociais-liberais.

PCdoB

Outra sigla que já anunciou o local e data de sua convenção foi o PCdoB – domingo (5) a partir das 8h30 na Escola Aurélio Buarque no Jardim Aureny I, zona Sul de Palmas.

O edital foi publicado pelo presidente da sigla e pré-candidato a deputado estadual Nésio Fernandes. O partido deve fazer aliança com o ex-prefeito Carlos Amastha (PSB) e tentar vagas nas proporcionais.

MDB

Um dos grandes partidos do Estado, o MDB, que elegeu o ex-governador cassado Marcelo Miranda, ainda não oficializou apoio a nenhum dos postulantes a governador e nem a data e local da convenção.

O presidente regional do MDB, Derval de Paiva, afirmou ao AF que houve uma reunião entre Marcelo Miranda e Carlos Amastha e não descartou a aliança. Nos bastidores, fontes afirmaram que os representantes do partido também conversaram com Márlon Reis (REDE). O rumo do partido nas eleições de outubro será definido até o fim da semana.

REDE SUSTENTABILIDADE

Em ascensão no Tocantins, o partido que tem como candidato o ex-juiz da Ficha Limpa Márlon Reis ainda não divulgou a data e o local da convenção.

O nome da ex-prefeita da capital Nilmar Ruiz, anunciado previamente com pré-candidata ao Senado pelo próprio partido, pode perder força e até ficar fora da disputa caso as alianças especuladas sejam seladas.

PDT

O partido da Senadora Kátia Abreu também não divulgou a data e local oficial para a convenção partidária, mas nos bastidores a senadora tenta trabalhar o nome do seu filho, o deputado federal Irajá Abreu (PSD), para concorrer uma vaga no Senado.

As conversas estão bem adiantadas com Márlon Reis.

PSD

O Partido Social Democrático encabeçado por Irajá Abreu também não divulgou edital convocando os membros do partido para a convenção partidária.

Comentários pelo Facebook: