Seet
Sobral – 300×100

INSS precário no norte: sem água, calor insuportável e cadeiras rasgadas

Agnaldo Araujo - |
Foto: AF Notícias
A agência apresenta vários problemas

Agnaldo Araújo //AF Notícias

A agência do INSS em Araguatins, no norte do Estado, está com a estrutura precária, deteriorada e em estado de calamidade. O descaso foi denunciado por servidores e segurados, que aproveitaram para cobrar melhorias.

O teto da agência tem marcas de infiltrações, as paredes estão amareladas da sujeira e o ar condicionado da sala de espera não funciona, justamente na época mais quente do ano. O jeito é se acostumar com o calor insuportável já que o aparelho é antigo e estaria com defeito há mais de três anos, segundo relatou um servidor.

Não bastasse isso, as cadeiras estão com os braços danificados, só no ferro, e algumas espumas do assento expostas. A televisão, que seria o único entretenimento para quem fica por horas à espera do atendimento, também não funciona.

Já no local onde deveria haver um bebedouro para refrescar e amenizar o calor, existe apenas uns pedaços de canos isolados. Outro problema é com o painel de senhas: ele está desligado. Para não tumultuar o atendimento, servidores se revezam em distribuir as senhas e atender os segurados. Um dos corredores do prédio está interditado e virou depósito de galões de água.

“É o tratamento desumano e vergonhoso que recebemos do Governo depois de contribuirmos durante décadas na tentativa de garantir um mínimo de tranquilidade na velhice”, lamentou o idoso João Carlos.

OUTRO LADO

Em resposta, a assessoria de comunicação social da Superintendência Regional Norte/Centro-Oeste do INSS respondeu que os problemas relatados são ‘questões pontuais e estão sob atenção cotidiana da gerência’.

As condições de funcionamento são acompanhadas diariamente pelo gerente da unidade e as ocorrências são sanadas pelo setor de engenharia. Ambos não medem esforços e cobram rigorosamente resultados das empresas de manutenção”, disse.

ESCLARECIMENTOS DO INSS

A edificação da Agência de Araguatins tem sete anos de inaugurada e atende muitas pessoas por dia. Assim é natural que apresente desgastes. Porém as condições de funcionamento são acompanhadas diariamente pelo gerente da unidade e as ocorrências são sanadas pelo setor de engenharia. Ambos não medem esforços e cobram rigorosamente resultados das empresas de manutenção.

Dessa forma, os problemas relatados são questões pontuais e estão sob atenção cotidiana da gerência. Verifiquemos ponto a ponto dos quesitos apontados:

Sistema de senha: há um monitor de senha em pleno funcionamento que é suficiente ao atendimento de todos os segurados. A queixa deve ser relativa a um outro monitor, mais antigo, cujo funcionamento depende de um computador específico, o qual já foi solicitado.

Teto com marcas de infiltrações: três placas de forro foram comprometidas por um vazamento. Contudo, todos os rufos e calhas foram trocados. E a empresa de manutenção já recebeu a demanda da quantidade de placas para substituição.

Galões de água: os galões foram colocados no corredor temporariamente, até a finalização da limpeza de uma sala. Depois foram retirados.

Aparelhos de ar-condicionado: dos vários equipamentos existentes, apenas um não funciona. O que não compromete o conforto dos segurados. A gerência do INSS em Palmas abriu processo de licitação para contratar uma nova empresa de manutenção de ar-condicionado.

A TV para os segurados: há uma TV moderna em pleno funcionamento na área de atendimento. Acredita-se que a queixa seja referente a um antigo aparelho de TV, que não funciona mais e já foi retirado do local.

Bebedouro: foram retirados dois aparelhos que estavam  derramando água no chão e não têm mais condições de reparo. A gerência do INSS em Palmas foi notificada da necessidade de novos equipamentos. Enquanto isso, localizamos o bebedouro dos servidores na área de atendimento aos segurados.

Poltronas rasgadas: recentemente recebemos longarinas novas da seção de logística. Não há mais poltronas rasgadas na unidade.

Foto: AF Notícias
Cadeiras com problemas

Foto: AF Notícias
Infiltrações nas paredes
Foto: AF Notícias
Televisão quer serviria para entreter os que aguardam atendimento não funciona
Foto: AF Notícias
Local onde seria o bebedouro
Foto: AF Notícias
O corredor virou depósito de galões de água

Comentários pelo Facebook: