Seet
Sobral – 300×100

Jovem de 17 anos desaparece em Araguaína e mãe acredita em sequestro por vingança

Agnaldo Araujo -
Foto: Divulgação
A jovem Letícia Sousa Lima

Familiares e amigos de Letícia Sousa Lima, de 17 anos, estão desesperados à procura da jovem, que desapareceu no início da noite desta terça-feira (14/03), no Setor Couto Magalhães, em Araguaína (TO).

A mãe da jovem, Sônia Regina, acredita que sua filha foi sequestrada. Na noite do sumiço da filha, a mãe contou que havia saído para a igreja, onde é pastora e seu esposo pastor, e tinha deixado Letícia e a irmã gêmea dela, Larissa Sousa Silva, em casa.

Larissa contou que sua irmã disse que ia comprar um refrigerante em um estabelecimento comercial, a cerca de 200 metros da residência. Pouco depois, Larissa afirmou que ouviu conversas em voz alta, como se estivesse havendo uma discussão. Em seguida, ela ouviu uma batida forte do portão fechando e o barulho de pneus na rua.

A irmã gêmea de Letícia teria ficado trancada dentro de casa e desconfiou da demora da irmã em voltar. Cerca de 30 minutos depois ela entrou em contato com um tio e contou o ocorrido. A mãe da jovem disse que só ficou sabendo do caso depois que retornou da igreja.

De acordo com informações, o irmão de Letícia, que não mora mais em Araguaína, tem uma dívida de jogo de poker e a família já teria sido ameaçada várias vezes. A mãe da jovem acredita que o caso tenha sido uma vingança.

A Polícia Militar informou que o serviço de inteligência da corporação procura informações que possam ajudar no caso e que continua fazendo buscas pelo paradeiro de Letícia. A PM informou ainda que trabalha com a hipótese de sequestro e também com a possibilidade de a jovem ter fugido de casa.

A investigação está à cargo da Polícia Civil.

Foto: AF Notícias
Mãe da jovem que sumiu em Araguaína conversando com a PM
Foto: AF Notícias
Residência da família, onde a jovem desapareceu

Comentários pelo Facebook: