Jovem encontrada morta era a principal suspeita de matar agente penitenciário, diz polícia

Redação AF - |
Foto: Divulgação
Agente penitenciário morava junto com Andrea, mas estavam separados recentemente.

Agentes da Delegacia Estadual de Investigações Criminais de Gurupi cumpriram mandado de busca e apreensão na residência da jovem Andrea Leite Rocha, na tarde do último sábado, (29), após seu corpo ter sido encontrado no banheiro com indicativo de suicídio.

Conforme o delegado Rafael Fortes Falcão, Andrea estava sendo investigada como a principal suspeita de ter cometido o homicídio de Thiago Martins Brito, técnico em Defesa Social, morto no dia 21 de julho.

Foto: Polícia Civil
Faca possivelmente usada na morte do agente penitenciário.

Após as buscas, os policiais apreenderam as roupas utilizadas por Andrea no dia do homicídio, que ainda apresentam manchas semelhantes a sangue, mesmo após lavagem. As roupas estavam escondidas dentro de um forno do fogão de Andrea. A polícia também encontrou uma faca idêntica a que foi subtraída do local do crime.

Segundo o delegado, os objetos serão encaminhados ao Instituto de Criminalística a fim de serem periciados e se constatar vestígios de sangue. Andrea e Thiago viviam em união estável, no entanto, uma semana antes do crime, Thiago rompeu a relação e saiu de casa, após uma briga que resultou em agressões mútuas.

Conforme a polícia, a mulher não aceitava o fim do relacionamento e passou a semana que antecedeu o homicídio tentando persuadir Thiago a reatar a união.

Após ouvir testemunhas, coletas de imagens de Circuito Interno de TV e análises de inteligência, a polícia apurou que Andrea foi a última pessoa a estar em companhia de Thiago, no dia do crime e naquela semana já havia tentado suicídio, chegando a invadir a casa onde Thiago se encontrava e foi morto.

Ainda de acordo com o delegado, às investigações serão intensificadas com o objetivo de esclarecer todos os fatos relacionados às duas mortes.

Veja também

Jovem namorada de agente penitenciário morto em Gurupi é encontrada morta

Comentários pelo Facebook: