Seet
Sobral – 300×100

Justiça bloqueia bens e contas do candidato Olyntho Neto por causa de dívida no valor de R$ 179 mil

Redação AF - - 863 views
Foto: Divulgação
Candidato a prefeito de Araguaína Olyntho Neto

Em meio a disputa eleitoral, o deputado estadual e candidato a prefeito de Araguaína, Olyntho Neto, teve suas contas na Caixa Econômica Federal bloqueadas pela Justiça Estadual, além de seus dois carros – uma Pajero de cor branca e um Fiat Pálio. A decisão é desta segunda-feira, dia 13 de setembro.

O bloqueio ocorre em decorrência de uma dívida que, agora, está em R$ 179 mil. A decisão do bloqueio faz parte do processo 5018227-33.2013.827.2729, em tramitação na 4ª Vara Civil de Palmas, e foi disponibilizada no acompanhamento processual nesta terça-feira, 13 de setembro.

O caso tem relação com o pai do deputado, o advogado João Olinto Garcia Oliveira, 58 anos. O deputado comprou um apartamento do autor da ação e, como parte do pagamento, deu uma Mitsubishi Outlander que estava no nome do pai.

No entanto, quando o autor da ação foi vender o carro, não conseguiu, pois o veículo estava bloqueado por decisão da Justiça Federal no Mato Grosso, instância na qual João Olinto é réu em ação de improbidade sobre acusação de fraude milionária na Sudam (Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia).

Com a impossibilidade de vender o carro, o autor da ação procurou o candidato Olyntho Neto, mas o político não quis negociar e nem substituir o valor do carro à época, R$ 65 mil, por dinheiro. Por isso, o caso foi parar na Justiça.

Alegando não reconhecer a dívida, o candidato tentou recursos na Justiça, inclusive um agravo no TJ-TO (Tribunal de Justiça do Tocantins), mas foi derrotado em todas as instâncias.

Abaixo, documentos do processo e print do acompanhamento processual.

unnamed-6

unnamed-7

unnamed-8

Comentários pelo Facebook: