Sobral – 300×100
Seet

Justiça determina reintegração de posse em setor a pedido de imobiliária

Agnaldo Araujo - |
Foto: Divulgação
A área é de uma imobiliária

Agnaldo Araujo//AF Notícias

Uma ordem de reintegração de posse retirou várias famílias de onde ficava o Setor Garavelo, em Araguaína, na manhã desta quarta-feira (23). Tratores e caminhões chegaram logo cedo para retirar os pertences dos moradores e derrubar as casas.

A área de 21 alqueires foi requerida na justiça por uma imobiliária. O processo existe desde 2014. Alguns moradores afirmam que compraram os lotes, já outros moram na propriedade há mais de três anos. A prefeitura, Defensoria Pública e também a Polícia Militar acompanharam a reintegração.

Segundo o Superintendente Municipal de Habitação, Danilo Leite, as famílias que atestarem vulnerabilidade social serão inseridas em programa habitacional do município. “Após identificarmos essas situações, nós encaminharemos para os programas assistenciais e habitacionais do município, desde que essas famílias preencham os critérios legais do programa”, disse.

Já o defensor público Sandro Ferreira disse que a Defensoria não foi comunicada para acompanhar o andamento do processo. “Toda reintegração é uma situação triste. Nós não atuamos nesse processo. Nós só tivemos conhecimento quando o processo já havia se encerrado e só estivemos presentes na organização da reintegração”, afirmou.

Segundo o defensor, a preocupação agora é garantir um mínimo de estrutura às famílias, principalmente em relação à mudança. Sando Ferreira recomendou aos que se sentirem lesados que procurem a Defensoria Pública.

O advogado da imobiliária, Eduardo Cardoso, disse que nenhum morador comprovou que detém a posse legal do imóvel em que reside. “Infelizmente ou felizmente no processo não foi comprovado nenhuma propriedade ou posse que não seja da imobiliária. Isso é tão verdade que a justiça determinou a reintegração de posse e entrega de todo o loteamento para a imobiliária”, pontuou.

Errata

Ao contrário do que foi informado anteriormente, que os moradores foram surpreendidos com a reintegração, a Polícia Militar afirmou que as famílias foram avisadas de que a ação ocorreria nesta quarta-feira, inclusive com reunião realizada no 2º BPM.

Comentários pelo Facebook: