Sobral – 300×100
Seet

Justiça vai leiloar frangos de moradora que não pagou dívida; lance mínimo é R$ 65

Agnaldo Araujo - |
Foto: Divulgação
Os frangos serão leiloados no mês de julho de 2017

Agnaldo Araújo //AF Notícias

Inusitado! A Justiça Estadual do Tocantins decidiu leiloar dois frangos. Os animais foram penhorados por um oficial de justiça no quintal de uma moradora da cidade de Aliança do Tocantins, que deixou de pagar uma dívida. O leilão será realizado no dia 25 de julho de 2017, às 17h30, no Fórum da Comarca de Gurupi, no Sul do Estado.

O edital do leilão é assinado pela juíza de direito Maria Celma Louzeiro Tiago, responsável pelo Juizado Especial Cível. Os animais são descritos como “02 frangos, cor preta, pescoço com penagem vermelha”.

Os dois frangos estão cotados no valor mínimo de R$ 65 e serão vendidos para quem ofertar o maior lance. Caso os frangos não sejam vendidos na oportunidade, eles serão levados a leilão novamente em um segundo momento.

Caso isso ocorra, os frangos não terão valor mínimo e serão entregues para quem ofertar o maior preço. O segundo leilão, caso necessário, deve ser realizado no dia 02 de agosto de 2017 no mesmo local do anterior.

Os frangos foram penhoradas de uma moradora da cidade de Aliança do Tocantins. Ela comprou uns calçados, no valor de R$ 111,60. A mulher assinou uma nota promissória se comprometendo a pagar em três vezes, mas não quitou nenhuma parcela. Diante disso, o vendedor resolveu cobrar na justiça.

Intimada pela justiça, a moradora também não pagou a dívida. Com isso, a juíza expediu mandado de penhora, que deveria recair sobre as “galinhas criadas no quintal da parte reclamada”. Os frangos ficaram sob os cuidados da própria moradora, mas com a advertência de que não poderia fazer nada com eles sem autorização judicial.

1 litro de gasolina

A Justiça do Tocantins também já teve que decidir sobre o destino de um litro de gasolina apreendido, em Palmas (TO), e que estava guardado nas dependências do Fórum da Capital. Na época, o juiz de direito Gilson Coelho Valadares ironizou a apreensão e se manifestou de forma nada convencional.

O magistrado determinou que o produto fosse destinado à delegacia de origem para ser utilizado na “perseguição de algum criminoso que estivesse amedrontando pessoas de bem”.

Veja mais

Justiça do Tocantins cancela leilão, mas mantém penhora de dois frangos caipiras para pagar dívida

Matéria do litro de gasolina

Juiz ironiza apreensão de 1 litro de gasolina e prevê tragédia se “3 milhões de palitos de fósforos fossem riscados”

Comentários pelo Facebook: