Sobral – 300×100
Seet

Justiça nega pedido de cassação do registro do prefeito eleito de Babaçulândia, Aleno Dias

Redação AF - |
Foto: Divulgação
Justiça nega pedido de cassação do prefeito Aleno Dias, eleito em Babaçulândia.

A Justiça Eleitoral negou o pedido do Ministério Público Eleitoral (MPE) de cassação do registro de candidatura do prefeito eleito de Babaçulândia, Aleno Dias (PMDB). Ele obteve 2.565 votos, o equivalente a 46,51% dos válidos, e derrotou o atual prefeito Franciel Brito.

Aleno era acusado de abuso de poder político, suspeito de, juntamente com a diretora regional de Ensino de Araguaína, Maria Florismar, pressionar o diretor do Colégio Estadual Leopoldo de Bulhões, José Tenório, apara que lhe apoiasse sob pena de ser exonerado do cargo de confiança.

Contudo, o juiz Fabiano Ribeiro, da 8ª Zona Eleitoral de Filadélfia, em decisão publicada nesta terça-feira (25), afirmou que o então candidato e a diretora regional de ensino não praticaram condutas vedadas pela legislação eleitoral, pois a lei permite, mesmo nos três meses que antecedem o pleito, “a nomeação ou exoneração de cargos em comissão e designação ou dispensa de funções de confiança”.

O juiz destaca que José Tenório, apesar da precariedade do cargo que ocupa, não chegou a ser exonerado. A decisão diz ainda que, a partir do diálogo, não ficou comprovado o diretor escolar tenha encontrado dificuldades ou impedimentos ao exercício funcional, já que durante audiência transpareceu ter exercido o cargo sem nenhum problema, inclusive ainda permanece diretor da unidade de ensino.

Cabe recurso da decisão ao Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins (TRE-TO).

Comentários pelo Facebook: