Seet
Sobral – 300×100

Kátia Abreu chama de “traidores” ex-ministros de Dilma favoráveis ao impeachment

Agnaldo Araujo -
Foto: Divulgação
Presidente Dilma e Kátia Abreu

A senadora pelo Tocantins e ministra da Agricultura, Kátia Abreu (PMDB), criticou os ex-aliados da presidente Dilma Rousseff (PT), em especial os ex-ministros, que votaram (na Câmara) e votarão (no Senado) favoráveis ao impeachment.

Após declarar que se sente orgulhosa da presidente petista — quem considera “honesta”, “honrada” e “séria” –, a goiana radicada no Estado nortista repreendeu os até então integrantes do atual governo, mas que agora se escondem nas trincheiras da oposição: “traidores!”

Esses políticos que até ontem eram ministros de vossa excelência, que foram ministros durante cinco anos do seu governo, agora lhe viram as costas, lhe enfiam a faca pelas costas. Mas antes usufruíram do seu mandato”, criticou a ministra direcionando a fala à presidente.

Kátia Abreu usou um dito popular para encerrar seu discurso no evento, realizado na nova sede da Embrapa na Capital do Tocantins, Palmas: “Não toque o pé no barco que te ajudou a atravessar o rio”, numa referência ao que ela considerou uma “deslealdade” com a presidente.

Dilma reafirmou, em seu discurso, que o processo de impeachment contra ela é uma tentativa de golpe e disse que vai “resistir até o fim”. Para ela, o pedido de afastamento é motivado pelo fato o governo ter escolhido gastar o dinheiro do governo “com os mais pobres”.

Além de Kátia Abreu, o evento em Palmas contou com a presença da ministra do Meio Ambiente, Izabela Teixeira, e da vice-governadora do Tocantins, Cláudia Lelis (PV). — que também é pré-candidata à prefeita de Palmas

Comentários pelo Facebook: