Seet
Sobral – 300×100

Kátia Abreu faz peregrinação em oito cidades no fim de semana de olho no Governo

Redação AF - | - 518 views
Foto: Divulgação/Assessoria
Kátia Abreu visitou oito cidades apenas no final de semana.

De olho no Palácio Araguaia, em 2018, a senadora Kátia Abreu (PMDB), figura pouco vista no Tocantins, começou sua peregrinação buscando construir um cenário favorável à sua candidatura ao Governo do Estado. Mesmo com grande rejeição, fato público e notório, Abreu aparece entre os nomes mais fortes na disputa, e também na preferência do eleitorado.

O desejo de se tornar governadora do Estado é latente. Apenas nesse final de semana, a senadora visitou oito cidades: Presidente Kennedy, Brasilândia, Nova Olinda, São Bento, Xambioá, São Sebastião, Araguatins e Colinas.

Entre afagos e sorriso estampado no rosto, Kátia Abreu conversou com prefeitos, vereadores, populares, prometeu recursos para obras, ouviu muitos pedidos e também reclamações relacionadas à segurança pública e saúde, os dois principais gargalos da gestão do governador Marcelo Miranda (PMDB), seu ex-aliado político. Nesse ponto, a senadora fez questão de demonstrar certa “preocupação”, um consolo para os líderes políticos locais.

“O problema da segurança pública no estado é sério, não temos efetivos, não temos viaturas e nem combustível para abastecer as que estão funcionando. A saúde da mesma forma, várias pessoas na fila a espera de cirurgia, realmente é uma situação crítica que não pode esperar”, criticou.

Kátia Abreu também não esqueceu de cativar os religiosos participando da 7ª edição do Aviva Xambioá, evento realizado pela Renovação Carismática da Igreja Católica. Mas foi na Festa do Peixe, em São Sebastião do Tocantins, onde a visita da senadora soltou faíscas.

No local a senadora foi recebida com faixa e manifestação de apoio e incentivo por um grupo de populares da cidade vizinha Carrasco Bonito. “Senadora Kátia Abreu a sua coragem é a nossa esperança. Instituto Bem Viver – Carrasco Bonito”, dizia a mensagem.

Essa foi apenas a gota d’água que gerou a ciumeira dos outros políticos que também prestigiavam a festa. A deputada federal e primeira-dama Dulce Miranda (PMDB) teria tido um ‘esbarrão’ com a senadora.

Em resposta, aliados de Kátia espalharam um texto nas redes sociais afirmando que a deputada teria agido para impedir que a senadora discursasse ou mesmo que tivesse seu nome citado pelo locutor da festa. O prefeito da cidade, Professor Adriano (PT), coitado, não sabia se agradava a gregos ou troianos, mas sobreviveu a essa primeira tempestade, de muitas que prometem vir até outubro de 2018.

O outro lado

Em nota, a deputa Dulce Miranda afirmou que não é da sua índole nutrir ódio ou rancor seja de quem for. “Quem a conhece, sabe da sua doçura e meiguice, do seu bom trato com todas as pessoas e respeito às instituições e lideranças. A deputada não faz politicagem, leva a sério o mandato que lhe foi conferido pelo povo tocantinense e se empenha em buscar melhorias para o Estado”, afirma a nota.
A nota diz ainda que as declarações atribuídas à deputada, são infundadas, frutos de invenção. “Apesar dos ataques e destempero direcionados à ela, Dulce destaca que segue visitando os municípios, dialogando com as comunidades e ouvindo as críticas para buscar melhorias. Informamos ainda, que o prefeito professor Adriano, de São Sebastião, já esclareceu o ocorrido através de nota. A referida desmente os boatos maldosos e injustos”, finalizou.

Comentários pelo Facebook: