Seet
Sobral – 300×100

Lázaro Botelho é inocentado e tem investigação arquivada no processo da Lava Jato a pedido de Janot

Redação AF - | - 652 views
Foto: Divulgação
Lázaro Botelho (PP-TO)

A Procuradoria Geral da República (PGR) arquivou a denúncia contra o deputado federal Lázaro Botelho (PP-TO) após as investigações não encontrarem elementos de participação do parlamentar no inquérito nº 3989, conhecido como ‘Lava Jato’. Com a manifestação do procurador Rodrigo Janot, o inquérito deve ser arquivado no STF.

“Concluída a investigação em curso no Inquérito 3.989/STF não se colheu provas suficientes do envolvimento no delito de organização criminosa das seguintes autoridades”, diz o pedido de arquivamento.

O parlamentar tocantinense foi acusado, ao lado de outros deputados do PP, de receber propina mensal do esquema de corrupção da Petrobras. Contudo, os investigadores da Operação Lava Jato não encontraram provas que envolvessem o nome do parlamentar tocantinense nos atos de corrupção. Diante disso, a PGR solicitou o arquivamento do Inquérito ao Supremo Tribunal Federal (STF).

A participação de autoridades com foro privilegiado no esquema investigado pela Polícia Federal foi revelada nas delações premiadas do ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa e pelo doleiro Alberto Youssef. Posteriormente, ao falar em juízo, o doleiro afirmou não conhecer ou ter tido qualquer contato com o deputado Lázaro Botelho.

De todos os nomes citados inicialmente, 18 tiveram as investigações arquivadas.

Lázaro declarou que sempre confiou na Justiça e que embora tenha sofrido muito durante todo esse processo, sai disso tudo mais fortalecido. “Fui muito criticado, tive meu nome achincalhado e usado das maneiras mais sorrateiras pelos meus adversários políticos. O Brasil está mudando e as pessoas precisam entender que a situação de uma pessoa em um processo, não a torna culpada. Tive o apoio da minha família e de muitos amigos, mas agora me sinto ainda mais forte e preparado para seguir com meu trabalho em prol dos municípios e do meu Estado”, disse.

Foto: AF Notícias
Pedido de arquivamento da investigação contra Lázaro Botelho

Comentários pelo Facebook: