Seet
Sobral – 300×100

Leilão Pecuária Solidária arrecada R$ 654 mil em Araguaína; 13 entidades serão beneficiadas

Redação AF -
Foto: Divulgação
Prestação de contas da 4ª edição do Leilão Pecuária Solidária será realizada sábado, em Araguaína

A tradicional prestação de contas do Leilão Pecuária Solidária será realizada no sábado (19) em Araguaína, em cerimônia aberta ao  público. Na oportunidade, a organização da 4ª edição do leilão ocorrida em 1º de novembro na cidade, fará a apresentação do balanço final, detalhando as doações recebidas e apresentado o custo total e anunciar o resultado líquido do evento.

“As entidades conhecerão o valor que receberão para realizarem os investimentos na melhoria de suas estruturas ou compra de equipamentos”, disse o leiloeiro Eduardo Gomes, idealizador e realizador do projeto, que nas três edições anteriores distribuiu R$ 1,1 milhão a entidades assistenciais que cuidam de pessoas carentes, a maioria do Tocantins.

A edição deste ano arrecadou R$ 654 mil. “Essa foi a arrecadação bruta. Na prestação de contas, apresentamos a relação de despesas para realização do leilão e os valores destinados às entidades. O resultado líquido será distribuído para as entidades previamente definidas. É isso que vamos demonstrar aos nossos parceiros, doadores, imprensa e entidades”, declarou Gomes.

No total, 13 entidades serão beneficiadas com as doações. Cinco delas são de Araguaína (Banco de Leite do Hospital Dom Orione; Casa das Meninas Ágape; Casa de Acolhimento Ana Carolina Tenório; Lar do Idoso Cantinho do Vovô; e Casa de Passagem “Tra Noi”). As demais são: Casa de Apoio São Luiz (Aparecida de Goiânia), APAEs de Guaraí e Dois Irmãos; creches Maria Madalena e Irmã Dulce, de Gurupi; Casa do Caminho, de Paraíso; Fazenda da Esperança, de Porto; e Centro de Convivência dos Idosos, de Xinguara (PA).

O LEILÃO

Promovido com apoio do Rotary Club, Lojas Maçônicas, Associação Comercial e Industrial de Araguaína (Aciara) e Sindicato Rural da cidade, o leilão foi prestigiado por cerca de 800 pessoas e bateu recorde de arrecadação. Os R$ 654 mil representaram um crescimento de 60% em relação a primeira edição, promovida em 2009, em Gurupi. Na época, o valor arrecadado foi de R$ 400 mil. Já a segunda edição, em Palmas, no ano de 2011, captou R$ 500 mil. E a terceira, em Paraíso do Tocantins, em 2013, arrecadou R$ 595 mil.

Comentários pelo Facebook: