Líder de quadrilha de assalto a bancos oferece R$ 1 milhão para delegado no Tocantins

Redação AF - |
Foto: Polícia Civil
Operação 'Suborno' realizada pela Polícia Civil do Tocantins

Mais três integrantes da organização criminosa que planejou uma tentativa de furto à agência do Banco do Brasil de Augustinópolis (TO), norte do Estado, no último domingo (15/07), foram presos nesta quarta-feira (18) pela Polícia Civil do Tocantins.

A operação ‘Suborno’ teve o apoio da Delegacia Especializada em Investigações Criminais (DEIC/Palmas), do Grupo de Operações Táticas Especiais (GOTE) e da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (SEIC) do Maranhão.

Segundo a Polícia Civil, a ação teve início após o chefe da organização criminosa, Valdemir Gomes de Lima, oferecer R$ 1 milhão ao delegado plantonista Jacson Wutke.

Com autorização judicial, os agentes deram início à ação controlada para possibilitar o monitoramento do levantamento dos valores e localização dos envolvidos que teriam conseguido fugir após a tentativa de furto à instituição bancária.

Foto: Divulgação
Operação desarticula quadrilha de assalto a bancos

Durante as investigações, a Polícia Civil verificou que a intenção da quadrilha era realizar um furto em outra agência bancária para levantar os valores necessários ao pagamento da vantagem indevida oferecida ao delegado. Inclusive, a agência bancária alvo da ação já estaria sendo objeto de levantamentos anteriores da organização criminosa.

Os presos são: David Santos Silva, 35 anos, natural de Imperatriz (MA); Orivaldo da Costa Nazário, vulgo ‘Magrelo’, 32 anos, e Welley Hernandes do Carmo, vulgo ‘Negão’, 29 anos, ambos naturais de Cuiabá (MT).

Segundo a Polícia Civil, a organização criminosa possui ramificações em todos os Estados do Norte e Nordeste, sendo responsável por vários furtos em agências bancárias daquelas regiões. A polícia disse ainda que há informações concretas de que a organização criminosa possui ligação com a facção Comando Vermelho.

Foto: Polícia Civil
Polícia cumprindo os mandados de prisão
Foto: Polícia Civil
Prisão de suspeitos de assalto a bancos

Comentários pelo Facebook: