Sobral – 300×100
Seet

Líder do governo na AL se licencia por 121 dias; José Salomão assume cadeira

Redação AF - |
Foto: Ises Oliveira/AL
Paulo Mourão tirou licença para tratar problemas de saúde

O líder do governo na Assembleia Legislativa do Tocantins, Paulo Mourão (PT), se licenciou por 121 a partir desta quinta-feira (17) e o primeiro suplente, José Salomão (PT), assumiu a cadeira em sessão especial realizada na manhã desta quinta-feira.

Esta é a segunda vez que o ex-prefeito de Dianópolis assume a cadeira de titular no Poder Legislativa, a primeira foi em 2003, no lugar do petista José Santana, atualmente prefeito de Colinas do Tocantins.

Em seu discurso de posse, José Salomão ressaltou a sua alegria em trabalhar pelo Estado na Casa de Leis e representar a região Sudeste, na luta pelas suas demandas.

Ele ainda pontuou como prioridades a busca por melhorias no atendimento da saúde, a pavimentação e recuperação de estradas da região, melhorias no funcionamento do Campus da Unitins, além de ações para amenizar os efeitos da seca no Sudeste Tocantinense.

Formado em Direito e Administração, o servidor aposentado da Câmara Federal, José Salomão Jacobina Aires, 68 anos, é militante do PT desde 1997. Ocupou pela primeira vez uma cadeira no Parlamento em 2003, onde exerceu as atividades parlamentares por cinco meses, no lugar do deputado José Santana do PT. Foi eleito prefeito de Dianópolis em dois mandatos e na última eleição obteve 10.219 votos. José Salomão é pai de três filhos, Celso Cavalcante Aires, Carolina Cavalcante Aires e Cristiano.

Licença por 121 dias

Segundo o requerimento da licença, o deputado Paulo Mourão encontra-se incapacitado  para executar suas funções parlamentares, conforme laudos médicos apresentados à Mesa Diretora. Mourão sofre de um tipo de reumatismo há nove anos e tem dificuldade para exercer as atividades habituais.

Comentários pelo Facebook: